Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Energética RWE prepara despedimento de 2.500 pessoas no Reino Unido

A perda de clientes e as dificuldades no processo de cobrança de dívidas estão a pesar no desempenho da empresa. A redução de mão-de-obra tinha sido já apontada como possível solução para o equilíbrio da companhia.

Paulo Zacarias Gomes paulozgomes@negocios.pt 07 de Março de 2016 às 13:49
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

A empresa energética alemã RWE estará a preparar uma redução do seu número de trabalhadores no Reino Unido que pode significar a extinção de 2.500 postos de trabalho.


Segundo avança esta segunda-feira 7 de Março a Reuters, citando fontes próximas do processo, em causa está a subsidiária npower, afectada pela queda do número de clientes e por dificuldades no processo de cobrança de dívidas.


O aumento da concorrência no sector eléctrico levou a empresa a perder cerca de 200 mil clientes nos primeiros nove meses de 2015, ao passo que o sistema de facturação da npower não está a conseguir cobrar a todos os 5,4 milhões de clientes servidos no Reino Unido, um problema que não deverá estar resolvido antes do final deste ano.


A pressão financeira da subsidiária acentuou-se no ano passado, ao registar prejuízos de 66 milhões de euros, que comparam com lucros de 90 milhões de euros no período homólogo de 2014, colocando agora em causa o posto de trabalho de mais de dois mil trabalhadores directos e indirectos, uma decisão que deverá ser formalmente anunciada esta terça-feira, 8 de Março, durante a apresentação das contas de 2015. A npower emprega 9.700 pessoas.


A redução de mão-de-obra tinha sido já apontada como uma possível solução para o equilíbrio da empresa a par do cenário de venda de activos (pelo menos desde 2011 que consta esta possibilidade). Só em 2017 é que a companhia deverá ver as contas a regressarem ao verde.


No final do ano passado a empresa foi multada em 26 milhões de libras (33,6 milhões de euros) por alegada sobrefacturação dos clientes e tratamento desadequado das suas reclamações. Foi, segundo a Reuters, a maior multa de sempre aplicada a uma empresa do sector no país.


A npower protagoniza a actividade de retalho de electricidade e gás e é uma das seis maiores empresas do sector energético no Reino Unido. A alemã RWE detém ainda no país a RWE Generation (que emprega 15 mil pessoas e produz cerca de 10% da electricidade consumida no país) e a RWE Innogy UK, que desenvolve energias renováveis, gerindo 22 projectos hidroeléctricos e 34 parques eólicos, de acordo com o site da empresa.

A RWE está presente em Portugal operando três parques eólicos (Sirigo, Bulgueira e Guilhado, no norte do país) e seis centrais mini-hídricas (Agilde, Bragado, Covas do Barroso, Pinhel, Ribadouro e Vales), refere a empresa.

As acções ordinárias da RWE recuavam 0,31% para 11,26 euros às 13:15 em Frankfurt. 

Ver comentários
Saber mais Reino Unido RWE grandes empresas Informação sobre empresas economia negócios e finanças npower electricidade energia
Mais lidas
Outras Notícias