Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Finerge conclui refinanciamento de 2,3 mil milhões e acelera expansão na Península Ibérica

A empresa de produção de energia renovável, que é detida a 100% por fundos de infraestruturas geridos pela Igneo Infrastructure Partners, adianta ainda que tenciona integrar um parceiro minoritário.

Diogo Mendo Fernandes diogofernandes@negocios.pt 02 de Dezembro de 2022 às 11:42
A Finerge, empresa produtora de energia renovável, concluiu uma operação de refinanciamento no valor de 2,3 mil milhões de euros, com o objetivo de acelerar a expansão em Portugal e Espanha, revelou a empresa em comunicado.

A Finerge revelou ainda que pretende aumentar a produção energética em 1 gigawatt (GW), em energia eólica e solar em pipeline, nos próximos dois anos.

"O refinanciamento serve para reembolsar a dívida existente e providenciar fundos para o desenvolvimento de projetos em pipeline", bem como "assegurar o financiamento necessário para a incorporação de novos ativos no futuro", pode ler-se no documento.

"Com uma estrutura financeira robusta, a Finerge está mais preparada para expandir o seu negócio no mercado ibérico, replicando o nosso excelente desempenho em Portugal", explica o CEO da Finerge, Pedro Norton.

"Neste contexto de crise energética da Europa, é irrefutável a necessidade de reforçar o investimento global em renováveis e esse é o nosso compromisso", remata o responsável.

A Finerge é detida a 100% por fundos de infraestruturas geridos pela Igneo Infrastructure Partners, que tenciona integrar um parceiro minoritário na estrutura acionista, para ajudar a concretizar a estratégia de crescimento.
Ver comentários
Saber mais Finerge Espanha Península Ibérica Portugal Informação sobre empresas grandes empresas
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio