Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Fundo norte-americano Capital Group reduz posição na EDP para menos de 10%

A EDP informou que o fundo norte-americano Capital Group reduziu a sua posição de cerca de 12% para 9,973% na eléctrica portuguesa, abaixo do patamar de 10% do capital e direitos de voto na empresa.

É talvez a eleição mais mediática deste ano de entre as cotadas. Já disse, a propósito da sua recondução, que 'tudo depende dos accionistas'. As notícias têm apontado no sentido da sua saída, mas não é certo que isso aconteça. Disso mesmo deu conta, recentemente, o jornal Público. Mais certa é a substituição de Eduardo Catroga como presidente do conselho geral e de supervisão. A assembleia está marcada para 5 de Abril.
O fundo norte-americano Capital Group diminuiu a sua participação de 12% para 9,973% na empresa liderada por António Mexia. Miguel Baltazar
Negócios com Lusa 19 de Maio de 2018 às 10:09
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...

Esta sexta-feira à noite, em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a EDP informou que o fundo norte-americano  Capital Group reduziu a sua posição de cerca de 12% para 9,973% na eléctrica portuguesa, abaixo do patamar de 10% do capital e direitos de voto na empresa.

 

A EDP adiantou que em 16 de Maio passado o The Capital Group Companies (Capital Group) informou que "diminuiu a sua participação qualificada" na empresa.

 

"A participação qualificada do Capital Group é agora composta por 364.675.613 axções e 10 American Depositary Receipts ('ADR'), representativos de 100 acções (10 acções por ADR)", o que representa "9,973% do capital social da EDP e 9,973% dos respectivos direitos de voto", detalhou a EDP.  

 

"A participação do Capital Group baixou do patamar de 10% do capital social e direitos de voto da EDP no dia 15 de Maio", acrescentou a eléctrica, adiantando que "as acções e ADR acima referidos são detidos indirectamente pelo Capital Group".

 

Na mesma data, o Capital Income Builder (CIB) comunicou à EDP "que diminuiu a sua participação qualificada" para 178.199.552 acções representativas de 4,873% do capital social da EDP e respectivos direitos de voto.

 

"A participação do CIB baixou do patamar de 5% do capital social e direitos de voto da EDP no dia 15 de Maio de 2018", referiu a empresa.

 

"De notar que o CIB conferiu à Capital Research and Management Company (CRMC), seu gestor de investimento, os direitos de voto das acções por si detidas", acrescenta a EDP.

 

Além disso, em 17 de Maio, o Capital World Growth and Income Fund (WGI) "comunicou à EDP que diminuiu a sua participação qualificada", passando agora a deter 72.360.498 acções representativas de 1,9789% do capital social da EDP e respectivos direitos de voto.

 

"A participação do WGI baixou do patamar de 2% do capital social e direitos de voto da EDP no dia 16 de maio de 2018", sendo que o WGI conferiu à CRMC, seu gestor de investimento, os direitos de voto das acções por si detidas.

 

O Capital Group é a empresa-mãe da CRMC, que é um consultor de investimentos sediado nos Estados Unidos da América que administra fundos norte-americanos da família de fundos de investimento mútuos.

Ver comentários
Saber mais edp capital group crmc wgi
Mais lidas
Outras Notícias