Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Há uma distorção especulativa nos preços do gás, diz governante espanhola

Teresa Ribera considera que é importante a Europa dar um sinal aos mercados, antes que chegue o inverno e seja preciso comprar a qualquer preço.

Julien Warnand/ EPA
Negócios jng@negocios.pt 07 de Outubro de 2022 às 08:56
  • Partilhar artigo
  • 1
  • ...
A Ministra da Transição Energética e vice-presidente do Governo espanhol acredita que o aumento do preço do gás não corresponde a um aumento equivalente do seu custo. "Há uma distorção um tanto especulativa. Os operadores sabem que a Europa tem de comprar gás e ficou sem um fornecedor importante, a Rússia", indica Teresa Ribera (na foto) em entrevista ao Expresso, esta sexta-feira, 7 de outubro.

"Por isso, Espanha, Portugal e outros 13 Estados-membros consideram capital que a Europa dê um sinal ao mercado de qual o preço que estamos dispostos a pagar. É importante encontrar outra referência de preços e dar um sinal aos mercados, antes que chegue o inverno e tenhamos de comprar a qualquer preço. Porque se o preço do gás baixa, automaticamente baixa toda esta inflação", considera a governante.

Teresa Ribera adiantou ainda estar satisfeita com o funcionamento do mecanismo ibérico, que limita os preços do gás na produção de eletricidade, e que o chamado travão ibérico está a correr bem, tanto em Portugal como em Espanha, mesmo que ambos os países o apliquem de forma distinta, algo que foi controverso na relação entre os dois. "Não nos agradou a interpretação distinta [aplicada por Portugal], mas a nossa relação política com Portugal é muito importante, e não apenas em matéria de tarifas. Mas este de facto foi um ponto sensível", admitiu.
Ver comentários
Saber mais Espanha Europa Teresa Ribera energia economia negócios e finanças política
Outras Notícias