Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Preço da eletricidade dispara para 288 euros, um novo máximo

O preço da eletricidade no mercado grossista ibérico vai atingir amanhã um valor médio de 288,53 euros por MWh, um novo recorde. Nas horas mais caras, o preço vai tocar nos 319 euros.

Os preços do gás natural têm pressionado os da eletricidade.
João Cortesão
Ana Sanlez anasanlez@negocios.pt 06 de Outubro de 2021 às 11:57
  • Partilhar artigo
  • 13
  • ...
O preço da eletricidade no mercado grossista ibérico continua a não dar tréguas. Esta quinta-feira, 07 de outubro, vai voltar a bater um novo máximo. Segundo o Omie, o operador que gere o mercado ibérico diário e intradiário, o preço médio vai chegar a 288,53 euros por megawatt hora (MWh) em Portugal e Espanha.

Na hora mais cara, às 21h, o valor da eletricidade vai atingir os 319,03 euros por MWh. O preço mínimo, que será atingido às 05h, será de 249,08 euros por MWh.

O preço da eletricidade já tinha marcado um novo recorde diário esta quarta-feira, ao atingir os 228,59 euros por MWh, o que significa que a subida diária será de 26,2%. A marca dos 200 euros foi ultrapassada pela primeira vez na passada sexta-feira, quando o preço chegou aos 216 euros. 

O mês de setembro foi o mais caro de sempre no mercado ibérico, com o preço médio da eletricidade a chegar aos 156,53 euros por MWh. Até agora, a média do mês de outubro é de 201,2 euros por MWh. 

Os sucessivos recordes do preço da eletricidade devem-se a vários fatores, sendo o principal o aumento do preço do gás nos mercados internacionais. As subidas são também explicadas pelo aumento dos custos das licenças de emissão de CO2 e a diminuição da produção através de fontes renováveis, nomeadamente as eólicas, o que faz com que a produção renovável não seja suficiente para dar resposta à procura do sistema.

Face a esta situação, a Comissão Europeia defendeu esta quarta-feira que os Estados-membros devem tomar medidas para não onerar os consumidores com as subidas, nomeadamente aliviar impostos temporariamente e financiar pequenas empresas.

"Este choque de preços é uma crise inesperada num momento crítico e temos de responder em conjunto e manter o rumo a um futuro energético mais limpo, mais seguro e mais acessível", sublinhou a comissária europeia da Energia, Kadri Simson, em Estrasburgo.
Ver comentários
Saber mais eletricidade mibel recorde preço
Outras Notícias