Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bancos aceleram venda de carteira de malparado

Os bancos estão a negociar a venda de ativos de imobiliário e de turismo que estão no fundo ECS Capital. O valor em cima da mesa é inferior a 900 milhões, depois de uma revisão em baixa da oferta apresentada pela americana Davidson Kempner Partners.

O Turismo Fundos vai lançar o concurso para a compra e arrendamento e imóveis de turismo e indústria.
José Miguel Gonçalves
Negócios jng@negocios.pt 17 de Junho de 2022 às 09:17
  • Partilhar artigo
  • 1
  • ...

Os bancos estão a acelerar a venda dos ativos de imobiliário e de turismo que estão no fundo ECS Capital por valores abaixo do mercado, depois de uma revisão em baixa para menos de 900 milhões de euros.


De acordo com o Jornal Económico, na próxima semana deverá estar concluída a venda de cerca de 80% dos ativos imobiliário e a CGD, o BCP, o Novobanco, o Santander Totta e o Oitante aceitaram a revisão em baixa do preço oferecido pela Davidson Kempner Partners.


O valor em cima de mesa é inferior a 900 milhões de euros e a conclusão da operação depende, agora, do fundo norte-americano aceitar algumas das condições exigidas pelos bancos em troca da revisão em baixa do preço.


Os bancos estão a voltar a apostar na venda das carteiras de malparado. A venda dos ativos do fundo ECS Capital acontece depois de o BPI e o Santander Totta terem avançado com a venda da Citron e Guadiana por 100 milhões de euros, cada.

Ver comentários
Saber mais bancos imobiliário turismo fundos negócio
Outras Notícias