A carregar o vídeo ...
Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Família Azevedo passa a deter 92% da Sonae Capital mas fica com menos de 90% da Indústria

Os resultados das Ofertas Públicas de Aquisição mostraram que a Efanor passa a deter mais de 92% dos direitos de voto da Sonae Capital, já na Sonae Indústria, a holding da família Azevedo fica abaixo dos 90%.

  • Assine já 1€/1 mês
  • 18
  • ...
A Efanor, holding da família Azevedo, passa a deter 92,302% do capital social da Sonae Capital após a OPA (oferta pública de aquisição), passando a deter mais de 230 milhões de ações da empresa, de acordo com os resultados divulgados nesta quarta-feira pela Euronext.

A OPA, que decorreu em simultâneo com uma oferta sobre a Sonae Indústria, visava retirar de bolsa as duas empresas.

Após ter anunciado as duas OPA, a 31 de julho, a Efanor comprou ações de ambas as cotadas, tendo, no caso da Sonae Capital, adquirido 24.850.154 ações em bolsa desde o anúncio preliminar, o que corresponde a 9,94% do capital da empresa.

Na OPA comprou mais 15% do capital, pelo que gastou cerca de 48 milhões de euros nesta operação (assumindo que as ações em bolsa foram também compradas a 0,77 euros)

Na Sonae Indústria, contudo, a holding da família Azevedo passou a deter 86,223%, um reforço mais modesto face aos 74,171% que detinha antes da OPA.

Desde o anúncio preliminar, a Efanor comprou 2.546.296 ações da Sonae Indústria, o equivalente a 5,608% do capital. Na OPA comprou mais 6%, pelo que no total gastou pouco mais de 6 milhões nesta operação.

Ver comentários
Saber mais Sonae Capital Efanor Euronext
Outras Notícias