Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Cofina compra posição na Vasp à Impresa e divide capital com Marco Galinha

A empresa liderada por Paulo Fernandes exerceu o direito de preferência em metade da posição da VASP que a Impresa tinha chegado a acordo para vender ao Grupo BEL, de Marco Galinha.

Paulo Fernandes vai dividir o capital da Vasp com Marco Galinha Alexandre Azevedo
Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 14 de Fevereiro de 2021 às 23:11
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A Cofina anunciou este domingo que chegou a acordo para adquirir uma posição de 16,67% no capital da Vasp, por um total de 1,05 milhões de euros, passando a controlar 50% do capital da empresa distribuidora de publicações de media.

Esta aquisição surge depois de no início do ano a Impresa ter anunciado um acordo para vender 33,33% da Vasp por 2,1 milhões de euros à Páginas Civilizadas, empresa do Grupo BEL, de Marco Galinha.

Contudo, a Cofina, que controlava 33,33% do capital da Vasp, tinha direito de preferência sobre esta posição. A empresa de media liderada por Paulo Fernandes, que controla o Negócios, optou pelo exercício parcial do direito de preferência.

Assim, comprou metade da posição que a Impresa tinha acordado vender a Marco Galinha, passando a controlar 50% do capital da Vasp. Os outros 50% são detidos por este último empresário, que aos 33,33% detidas através da Global Media, soma agora os 16,67% comprados à dona da SIC.

Se não tivesse exercido o direito de preferência, a Cofina ficaria minoritária numa empresa controlada a 66,67% por Marco Galinha.

"O exercício do direito de preferência pela Cofina Media foi consensualizado com a Páginas Civilizadas, a Impresa e a Global Media, esta última atualmente detentora de 33,33% do capital social da VASP", refere um comunicado da Cofina.

Num outro comunicado, a Impresa diz que a "Páginas Civilizadas, a Cofina Media e a Global Notícias Media Group chegaram a um entendimento para que a transação seja concluída, sujeito à finalização de uma auditoria contabilística e financeira pela Páginas Civilizadas e à não oposição à transação por parte da Autoridade da Concorrência".

Com esta operação, a dona da SIC mantém o encaixe de 2,1 milhões de euros com a saída do capital da Vasp. Além desta venda, a Impresa também acordou alienar 22,35% do capital da Lusa - Agência de Notícias de Portugal por 1,25 milhões de euros ao grupo de Marco Galinha.

Ver comentários
Saber mais Marco Galinha Páginas Civilizadas Cofina Media VASP Impresa Global Media SIC
Outras Notícias