Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Impresa vende posições na Vasp e Lusa ao grupo de Marco Galinha

A dona da SIC vai encaixar 3,35 milhões de euros com a venda das posições acionistas que detém na distribuidora de jornais e na agência de notícias.

Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 04 de Janeiro de 2021 às 07:53
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A Impresa anunciou esta segunda-feira que procedeu à venda de dois ativos, numa operação concretizada com a Páginas Civilizadas que representa um encaixe de 3,35 milhões de euros para a dona da SIC.

A Páginas Civilizadas é uma empresa detida pelo Grupo Bel, de Marco Galinha, que em 2020 assumiu o controlo da Global Notícias, a empresa que detém o Diário de Notícias, a TSF e outros meios de comunicação social.

A Impresa vendeu 33,33% da Vasp - Distribuidora de Publicações por 2,1 milhões de euros e alienou 22,35% do capital da Lusa - Agência de Notícias de Portugal por 1,25 milhões de euros.

Esta operação avalia a distribuidora de jornais em 6,36 milhões de euros e a agência de notícias em 5,6 milhões de euros.

A venda da posição na Vasp está dependente de uma auditoria contabilística e financeira, ao não exercício do direito de preferência por parte dos acionistas da Vasp, ao consentimento da Vasp e à não oposição à transação por parte da Autoridade da Concorrência.

A alienação da posição na Lusa depende da finalização de uma auditoria contabilística e financeira e da não oposição à transação por parte da Autoridade da Concorrência (ou confirmação de que a notificação à Autoridade da Concorrência não é necessária).

Além da Impresa, a Lusa é detida em 50,14% pelo Estado português, com a Global Media Group, da qual Mário Galinha também é acionista, com 23,36%.

A NP - Notícias de Portugal detém 2,72% da Lusa, o Público 1,38%, a RTP 0,03%, O Primeiro de Janeiro 0,01% e a Empresa do Diário do Minho 0,01%.

Ver comentários
Saber mais Impresa SIC Mário Galinha Vasp Lusa Páginas Civilizadas Autoridade da Concorrência
Outras Notícias