Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Novo Banco e BCP únicos credores da Ongoing com dívida garantida

O Novo Banco e o BCP, principais credores no Processo Especial de Revitalização da Ongoing Strategy, têm 455,8 milhões de euros da dívida garantidos pelo grupo fundado por Nuno Vasconcellos e Rafael Mora.

Bloomberg
Sara Ribeiro sararibeiro@negocios.pt 01 de Abril de 2016 às 15:46
  • Assine já 1€/1 mês
  • 10
  • ...

A Ongoing, grupo fundado por Nuno Vasconcellos e Rafael Mora, tem dívidas superiores a 1,2 mil milhões de euros. Este é o valor provisório das dívidas da lista de credores da Ongoing Strategy Investments, a "holding" que agrega os investimentos do grupo, que avançou com um Pedido Especial de Revitalização (PER) no início de Março.

O Novo Banco e o BCP encabeçam a lista dos principais credores, reclamando quase 800 milhões, sendo que destes créditos 455,8 milhões têm algum tipo de garantia, o que corresponde a 35% do montante global da dívida da empresa, de acordo com o documento publicado na quinta-feira no site Citius.

Só os créditos do Novo Banco, que herdou do BES, representam 38,4% do total da dívida da Ongoing Strategy Investments.

A Haitong (ex-BESI), que tem em mãos o processo da venda do Diário Económico, também integra a lista de credores com uma dívida de 182 milhões de euros, no âmbito de investimentos do grupo em papel comercial.

Empresas do universo Ongoing reclamam 178 milhões

A lista de credores conta com 62 entidades, incluindo bancos, trabalhadores, tecnológicas, operadoras de telecomunicações, escritórios de advogados entre outros. Pelo menos 11 dessas entidades fazem parte do universo Ongoing. Ao todo, as várias empresas do grupo de media, tecnologia, energia, mobiliário, imobiliário reclamam mais de 178 milhões de euros, cerca de 14% do total da dívida.

 

A Heidrick & Struggles Consultores, fundada inicialmente por Rafael Mora, a quem se juntou depois o sócio Nuno Vasconcellos, tem um crédito de 253,6 mil euros, enquanto a tecnológica Mobbit, também pertença da Ongoing, pede 161 mil euros.

A RS Holding, entidade através da qual o grupo teve durante anos e anos uma participação na PT, reclama 47.6 milhões de euros em dívida. Recentemente, o BCP executou grande parte das acções que a RS Holding detinha na ex-PT SGPS, tendo o grupo de Nuno Vasconcellos ficado posteriormente sem participação qualificada.

A Insight Strategic Investments, que recentemente também avançou com um PER, também encabeça a lista das empresas do grupo com um crédito de 98,9 milhões de euros.

Acresce à lista de pedidos de PER, a ST&SF, que detém o Diário Económico. Poucos dias depois do pedido ter dado entrado, a administração da empresa avançou com um pedido de insolvência no mesmo dia que foi publicada a última edição do jornal em papel. O site e a ETV continuam activos.

Ver comentários
Saber mais Nuno Vasconcellos Ongoing Strategy Investments Pedido Especial de Revitalização Novo Banco BCP BES Diário Económico Heidrick & Struggles Consultores PT Nuno Vasconcelos Insight Strategic Investments banca
Mais lidas
Outras Notícias