Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Acionistas do Twitter aprovam venda e tramam Musk

O presidente executivo da Tesla pode ter de pagar acima do valor a que as ações da rede social negoceiam agora.

Reuters
Carla Pedro cpedro@negocios.pt 13 de Setembro de 2022 às 18:30
  • Partilhar artigo
  • 2
  • ...

A proposta de aquisição do Twitter pelo CEO da Tesla, Elon Musk, foi hoje aprovada em Assembleia-Geral pelos acionistas da rede social das micromensagens.

 

Os acionistas aprovaram a proposta de compra feita em abril pelo dono da fabricante de veículos elétricos Tesla, no valor de 44 mil milhões de dólares.

 

A maioria dos acionistas votou assim a favor da aceitação da oferta de Musk de 54,2 dólares por ação para adquirir a rede social.

 

Desde então, recorde-se, Musk tem tentado rescindir este acordo – mas o conselho de administração do Twitter, a par com duas importantes sociedades de advogados, incentivou os investidores a darem luz verde ao acordo.

 

As ações do Twitter negoceiam atualmente nos 41,84 dólares, um valor bastante abaixo do preço proposto por Elon Musk.

A AG durou sete minutos e o período de votação apenas três. Os acionistas tiveram a possibilidade de submeter os seus votos nas últimas semanas.

 

Embora esta aprovação fosse necessária para finalizar o acordo, a sua consumação está longe de ser um dado adquirido, refere a Bloomberg. Em julho, Musk disse que ia rasgar o acordo de compra, alegando que a rede social o tinha enganado relativamente à dimensão da base de utilizadores e no que diz respeito ao número de contas falsas ("bots") e contas de disseminação de "spam".

 

O Twitter nega as acusações feitas por Elon Musk e processou o dono da Tesla e da SpaceX, tendo intentado uma ação num tribunal de Delaware para o obrigar a concretizar a aquisição. Musk contra-atacou, processando também a rede social, pelo que há ainda muita água por correr.

 

A equipa jurídica do multimilionário está a exigir que a rede social das micromensagens disponibilize os nomes dos funcionários responsáveis por calcular a percentagem de "bots" entre o universo de utilizadores da plataforma. Algo que o Twitter se recusa a fazer.



(notícia em atualização)

Ver comentários
Saber mais Twitter Elon Musk Tesla
Outras Notícias