Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Diem, a moeda digital apoiada pelo Facebook, poderá avançar com teste-piloto

O projeto da moeda digital Diem, anteriormente conhecida como Libra, poderá ter um teste-piloto este ano, avança a CNBC. O Facebook apresentou o conceito desta moeda digital e a associação de parceiros em 2019.

Charles Platiau
Cátia Rocha catiarocha@negocios.pt 20 de Abril de 2021 às 14:24
  • Assine já 1€/1 mês
  • 4
  • ...
A Diem, a moeda digital apoiada pelo Facebook, poderá ser testada num projeto de dimensões reduzidas este ano, avança a estação televisiva CNBC, citando uma fonte com conhecimento do assunto.

A CNBC avança que a moeda digital poderá ser lançada este ano, num projeto de dimensões mais reduzidas do que o plano original previa. A mesma fonte refere que esta moeda digital estará indexada ao dólar norte-americano, num piloto mais virado para transações entre consumidores.

A Diem estará em conversações com os reguladores financeiros na Suíça, para assegurar uma licença de pagamentos, aponta ainda a CNBC.

Anunciada pela rede social Facebook em junho de 2019, com pompa e circunstância, o projeto Libra e a carteira digital Calibra foram recebidos com forte escrutínio por parte dos reguladores. O facto de o Facebook, que detém 2,8 mil milhões de utilizadores, ser um dos principais responsáveis pela moeda digital terá tido um impacto na receção deste projeto.

Os planos da empresa de Mark Zuckerberg para esta área eram ainda acompanhados por uma associação, que seria responsável pelo desenvolvimento desta moeda digital e respetiva infraestrutura, com alguns dos principais "players" da indústria de pagamentos.

Se o plano inicial detalhava a chegada ao mercado da Libra em 2020, a pressão regulatória, que se fez sentir tanto nos Estados Unidos como na Europa, toldou os planos de desenvolvimento desta moeda digital. Ainda em 2019, os responsáveis pela Libra referiam que o lançamento só seria concretizado quando todas as questões regulatórias estivessem resolvidas.

Com o passar do tempo, este projeto apoiado pelo Facebook viu sair da associação alguns dos principais nomes do mundo dos pagamentos, como a Visa ou a Mastercard. O êxodo de companhias não ficou por aqui: também a PayPal, o eBay ou a Vodafone deixaram de ser membros desta associação. Neste momento, a associação tem empresas como o Spotify, Uber, Shopify, Lift ou a Coinbase entre os membros. Também a luso-britânica Farfetch integra esta associação desde o lançamento, em 2019.

2020 não trouxe um lançamento desta moeda digital, mas sim um "rebranding". No final do ano passado, a Libra passou a ser designada como Diem, com a imprensa internacional a apontar que se trataria de uma tentativa de marcar a independência do Facebook. A Libra Association, com sede na Suíça, passou a designar-se Diem Association. As mudanças não ficaram por aqui: o antigo líder da área legal do HSBC, Stuart Levey, foi nomeado CEO da associação em maio do ano passado.
Ver comentários
Saber mais Diem Facebook moeda digital
Outras Notícias