Tecnologias Fabamaq "aposta" quatro milhões da Boavista para o Campo Alegre

Fabamaq "aposta" quatro milhões da Boavista para o Campo Alegre

A empresa de software especializada em jogos, que exporta para casinos das Filipinas ao Paraguai, construiu um edifício de raiz, com 3.500 metros quadrados, que até dezembro vai acolher 180 colaboradores no Porto.
Fabamaq "aposta" quatro milhões da Boavista para o Campo Alegre
DR
António Larguesa 13 de maio de 2019 às 15:40

A tecnológica Fabamaq (FMQ) acaba de trocar o escritório arrendado no conhecido Edifício Burgo, projetado por Eduardo Souto Moura na portuense avenida da Boavista, por novas instalações próprias na zona do Campo Alegre, num investimento avaliado em quatro milhões de euros.

 

Dedicada ao desenvolvimento de jogos para "slots machines", que exporta para casinos em Espanha, Irlanda, Filipinas, México, Uruguai ou Paraguai, a empresa de software ocupa agora uma área total de 3.500 metros quadrados, preparada para acolher os mais de 150 funcionários.

 

Fundada em fevereiro de 2010, apenas alguns dias depois de a Apple lançar o primeiro iPad, a FMQ especializou-se nos jogos eletrónicos e tem como clientes os operadores das máquinas dos casinos, a quem assegura desde a engenharia ao grafismo, passando pelas músicas e pela manutenção nas salas de jogos.

 

Com este investimento nas novas instalações, que "dá resposta ao crescimento sustentado da empresa e ao aumento da procura dos seus produtos", destaca numa nota de imprensa esta segunda-feira, 13 de maio, a empresa que fez um vídeo de paródia a Donald Trump prevê contratar mais 30 pessoas até dezembro.

 

No ano passado, para "responder às novas exigências do mercado, marcadas pelo desenvolvimento rápido das novas tecnologias e crescente utilização de dispositivos móveis", o negócio liderado por Nuno Gonçalinho decidiu criar uma "marca produto" focada no desenvolvimento de jogos de casino online.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI