Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Lucro da Nos cresce mais de 50% para 120 milhões até setembro

A contribuir para esta evolução esteve a atividade operacional, num período em que a Nos cresceu em todos os segmentos em que atua.

#48 - Miguel Almeida
Rafaela Burd Relvas rafaelarelvas@negocios.pt 03 de Novembro de 2021 às 17:59
  • Partilhar artigo
  • 8
  • ...
A Nos reportou um resultado líquido de 120 milhões de euros no conjunto dos primeiros nove meses de 2021, valor que representa um aumento de 51,7% face aos lucros de 79 milhões que tinham sido alcançados em igual período do ano passado. A contribuir para esta evolução esteve a atividade operacional, com crescimento em todos os segmentos de atividade.

As contas da operadora foram divulgadas esta quarta-feira, 3 de novembro, em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM). "Nos primeiros nove meses de 2021, a Nos atingiu resultados operacionais muito robustos, crescendo em número de serviços em todos os segmentos de atividade e aumentando a penetração de ofertas convergentes, as quais atingem já 63,8% da base de clientes fixos", pode ler-se no comunicado.

Assim, no final de setembro, a Nos prestava um total de 10,147 milhões de serviços, o que corresponde a um crescimento de 2,8% em relação ao ano passado. Os serviços de televisão aumentaram marginalmente, para 1,643 milhões, enquanto os serviços de comunicações móveis evoluíram 4,8% e totalizaram 5,209 milhões.

Também no cinema a Nos dá conta de uma recuperação, sobretudo no terceiro trimestre, altura em que várias das restrições impostas pela pandemia foram levantadas. Entre janeiro e setembro, a Nos vendeu 1,819 milhões de bilhetes de cinema, dos quais 70% foram só no terceiro trimestre.

Feitas as contas, as receitas totais da Nos ascenderam a 1.044 milhões de euros no período compreendido entre janeiro e setembro de 2021, um crescimento de 3,1% em relação ao ano passado. Já o EBITDA aumentou 1,4% neste período, para um total de 477,7 milhões de euros.

A dívida financeira líquida situou-se em 887,8 milhões de euros, valor que equivale a 1,7 vezes o EBITDA após "leasings" e que representa um aumento de 15% face ao ano passado.
Ver comentários
Saber mais nos miguel almeida telecomunicações resultados trimestrais
Outras Notícias