Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

NOS vence leilão 5G com investimento de 165 milhões e mais espectro adquirido

A NOS foi a operadora que adquiriu a maior quantidade de espectro no leilão 5G que terminou esta quarta-feira. A operadora venceu 15 lotes por um valor total de 165 milhões de euros.

Miguel Almeida, CEO da NOS.
Miguel Baltazar
Ana Sanlez anasanlez@negocios.pt 27 de Outubro de 2021 às 18:43
  • Partilhar artigo
  • 4
  • ...
A NOS foi a operadora que adquiriu a maior quantidade de espectro no leilão 5G, que terminou esta quarta-feira ao fim de 200 dias. A operadora venceu 15 dos 58 lotes que foram a licitação, tendo investido um montante total de 165 milhões de euros, o mais elevado entre os participantes. No total, o leilão rendeu 566,8 euros, informou a ANACOM. 

"Após mais de 200 dias de licitação, no mais longo leilão de sempre, a NOS adquiriu todo o espectro possível para a exploração da nova tecnologia: 100MHz na faixa dos 3,6GHz e 2x10MHz na faixa de 700MHz, adquirindo também 2x5MHz na faixa dos 2100MHz e 2x2MHz na faixa dos 900MHz para reforço da sua rede 4G e melhoria da qualidade do serviço em todo o território nacional", destaca a operadora em comunicado. 

A operadora refere que o resultado do leilão cumpre "em absoluto todos os objetivos traçados na sua estratégia para a quinta geração de redes móveis", e que "o investimento realizado é proporcional à ambição da NOS em liderar o 5G". 

Citado na nota enviada às redações, Miguel Almeida destaca que o 5G "abre um novo capítulo na história da NOS, pelo potencial que tem de transformar tudo e abrir possibilidades até aqui nunca imaginadas".

O CEO encara a tecnologia como "uma oportunidade" para a empresa conquistar a liderança das comunicações em Portugal e, apesar de satisfeito com o resultado, deixa farpas à ANACOM. "Não podíamos estar mais satisfeitos com o desfecho do leilão, desde o desenho da estratégia até à concretização plena dos objetivos, apesar de ter sido um processo atípico, que ficou marcado pela situação pandémica e manchado pela atuação do regulador", sublinha Miguel Almeida. 

"Assumimos desde o início,que sairíamos vencedores deste leilão. Graças ao espectro que adquirimos, garantimos a melhor rede 5G, a qual permitirá acelerar a transição de Portugual para um país mais digital e garantir o desenvolvimento sustentável da sociedade e da economia nacional. É com grande orgulho que vemos cumprir este desígnio e que reforçamos o nosso compromisso com o país", conclui. 

Face aos resultados do leilão, a NOS assume como meta "colocar o 5G ao serviço de todos, principalmente na resposta aos desafios sociais, económicos e ambientais que enfrentamos". 

Além da NOS, participaram no leilão a Vodafone, a MEO, a NOWO, a Dense Air e a Dixarobil.
Ver comentários
Saber mais 5G leilão NOS operadora telecomunicações
Outras Notícias