Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Polémica Dense Air desafia operadores e candidata-se ao leilão do 5G

Até ao momento, são conhecidas quatro candidaturas ao leilão do 5G. Além da Meo, Nos e Vodafone a Dense Air também decidiu ir a jogo. A posição da Nowo ainda não é conhecida.

Sara Ribeiro sararibeiro@negocios.pt 27 de Novembro de 2020 às 20:13
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A Dense Air também decidiu ir a jogo e já "submeteu uma candidatura ao leilão", disse ao Negócios fonte oficial da empresa que tem sido protagonista de um dos pontos da polémica e litigância criada em torno do 5G.

Até agora, uma das grandes incógnitas dos leilões do 5G era saber o que a Dense Air iria fazer. Isto porque esta empresa tem espectro reservado até 2025, mas tem de ir a leilão para o manter ou aumentar. E, segundo entendimento da Anacom, não será considerada novo entrante. Ou seja, não terá os benefícios dados a novos "players".

A licença da Dense Air tem sido contestada pelos operadores, que consideram ser ilegal a decisão do regulador em manter a frequência nas mãos desta empresa, cujo espectro foi reconfigurado para o leilão do 5G. Segundo as operadoras, os direitos de utilização caducaram em 2012 e já deviam ter sido recuperados.

Em resposta às críticas das operadoras, Cadete de Matos afirmou que a Dense Air "é uma empresa detentora de uma licença válida" até 2025.

A confirmação da candidatura da Dense Air junta-se, assim, à da Nos, Meo e Vodafone. Fica a faltar a posição da Másmóvil, que tinha confirmado publicamente o interesse em concorrer aos leilões através da Nowo.

Ver comentários
Saber mais Densei Air 5G
Outras Notícias