Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Governo faz declaração sobre greve da TAP às 12h

O Executivo prepara-se para fazer uma declaração sobre a greve da TAP, após os sindicatos terem recusado cancelar os quatro dias de paralisação previstos.

Miguel Baltazar/Negócios
Ana Torres Pereira atp@negocios.pt 16 de Dezembro de 2014 às 10:50
  • Assine já 1€/1 mês
  • 18
  • ...

O Ministério da Economia vai fazer uma declaração, às 12h, sobre a greve convocada pelos trabalhadores da TAP.

 

Três dias depois da reunião com o ministro da Economia, a plataforma dos sindicatos dos trabalhadores da TAP colocou como condição para o cancelamento da greve a suspensão do processo de privatização.

 

O Ministério da Economia confirmou que não aceita essa condição e nessa medida os sindicatos mantiveram-se irredutíveis na manutenção da greve para os dias 27, 28, 29 e 30 de Dezembro.

 

A plataforma dos sindicatos enviou um memorando, tendo como ponto primeiro a suspensão da privatização da TAP. Mas, o documento tinha mais pontos, segundo soube o Negócios com exigências, como o pagamento de prémios, jubilações, vários itens relacionados com a componente remuneratória dos trabalhadores da companhia.

 

António Pires de Lima, ministro da Economia, havia adiantado na sexta-feira que o Governo aceitava criar um grupo de trabalho, liderado pelo secretário de Estado, Sérgio Monteiro, no sentido de poder discutir pontos relevantes para os trabalhadores.

 

Este grupo de trabalho reunir-se-ia até 15 de Janeiro, data apontada pelo Governo para já ter o caderno de encargos da privatização concluído e pronto para ir a conselho de ministros. 

Ver comentários
Saber mais ministério da Economia TAP Negócios António Pires de Lima
Mais lidas
Outras Notícias