Turismo & Lazer Mário Ferreira ganha 10 milhões com a venda do Hotel Porto Monumental

Mário Ferreira ganha 10 milhões com a venda do Hotel Porto Monumental

O novo cinco estrelas do Porto, onde o dono da Douro Azul investiu 28 milhões de euros, foi vendido aos franceses da Maison Albar por 38 milhões. O cheque deverá ser assinado na terceira semana deste mês. O hotel abre a 1 de Novembro.
Mário Ferreira ganha 10 milhões com a venda do Hotel Porto Monumental
Mário Ferreira investiu 28 milhões de euros na construção do Hotel Porto Monumental e vendeu-o por 38 milhões.
Rui Neves 03 de outubro de 2018 às 13:27

Cinco anos depois de ter comprado o edifício Monumental ao BES, que reconverteu num hotel de cinco estrelas, num investimento de cerca de 28 milhões de euros, Mário Ferreira vendeu o Monumental Palace Hotel aos franceses da Maison Albar por 38 milhões de euros.

 

O grupo gaulês Paris Inn Group, dono da cadeia hoteleira de luxo Maison Albar, aceitou pagar "500 mil euros por quarto. O hotel tem 76 quartos. Agora faça as contas", disse o empresário ao Negócios, esta quarta-feira, 3 de Outubro, no final da apresentação aos jornalistas do rebaptizado Maison Albar Hotel Porto Monumental.

 

O dono da Douro Azul encaixou assim uma mais-valia de "cerca de 10 milhões de euros", confirmou o empresário, ainda ao Negócios, adiantando que está prevista a entrega do hotel aos novos donos "entre os próximos dias 15 e 20 deste mês", altura em que deverá ser passado "o cheque".

 

Situado na "sala de visitas" do Porto, em plena Avenida dos Aliados, o hotel tem 76 quartos, incluindo quatro suites, um restaurante, café, bar e um spa com piscina. Os quartos mais baratos custam cerca de 300 euros por noite e os mais caros 800 euros.

 

A construção do hotel foi demorada e polémica devida ao choque entre o promotor e o construtor.

 

Liderada pela Soares da Costa, a obra entrou em derrapagem devido aos problemas financeiros da construtora. Os CEO de ambas as partes entraram em despique, numa novela de contra-acusações que se arrastou ao longo do ano passado.

 

Assim, a abertura do hotel atrasou-se dois anos e os custos engordaram oito milhões face aos 20 milhões de euros inicialmente orçamentados.

 

Afastada a Soares da Costa, Mário Ferreira adjudicou a conclusão da construção do hotel, em Novembro passado, à construtora Alberto Couto Alves.

O Maison Albar Hotel Porto Monumental, que abre a 1 de Novembro, conforme o Negócios tinha já avançado, resulta de um projecto de recuperação de um imóvel neoclássico datado de 1923.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI