Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Taxa de ocupação do Alojamento Local em Lisboa e Porto abaixo de 20% em abril

Na capital, a taxa de ocupação do Alojamento Local caiu 40 pontos percentuais face a abril de 2019. Já na Invicta a quebra cifrou-se em 33 pontos percentuais.

Inês Gomes Lourenço
Pedro Curvelo pedrocurvelo@negocios.pt 05 de Junho de 2020 às 17:58
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

O confinamento devido à pandemia da covid-19 penalizou fortemente o setor do Alojamento Local (AL) em Lisboa e no Porto em abril, com a taxa média de ocupação a situar-se nos 18% na capital e nos 17% na Invicta.

Segundo os dados do SIR-Alojamento Local, divulgados esta sexta-feira pela Confidencial Imobiliário, em abril do ano passado as taxas médias de ocupação dos estabelecimentos de Alojamento Local cifravam-se em 58% em Lisboa e 50% no Porto.

A Confidencial Imobiliário adianta também que as noites vendidas sofreram uma queda de 62% em Lisboa, enquanto no Porto o decréscimo foi de 52%.

Desta forma, o rendimento gerado pelos alojamentos, medido pelo RevPAR (receita por quarto disponível) médio foi de apenas 15 euros em Lisboa, cerca de um terço dos 44 euros registados em abril do ano passado. No Porto o RevPAR caiu dos 31 euros em abril de 2019 para os 14 euros.

Os dados indicam que, apesar da forte quebra na procura, as diárias médias mensais mantiveram-se "em níveis habituais" com um valor de 81 euros em Lisboa, mais dois euros do que em abril do ano passado, e de 70 euros no Porto, também dois euros acima do período homólogo.

A Confidencial Imobiliário ressalva que "este comportamento não é alheio ao facto de os dados apurados poderem refletir reservas com tarifas não-reembolsáveis que não tenham tido tradução efetiva em ocupação, assim como alguma ocupação para fins não turísticos que terá ocorrido neste período".

Ver comentários
Saber mais Alojamento Local RevPAR Lisboa Porto Confidencial Imobiliário covid ocupação
Mais lidas
Outras Notícias