Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bolsa de Lisboa estende perdas e segue em mínimos de março

A bolsa de Lisboa segue em mínimos de março e perde 0,19%. Ganhos de Jerónimo Martins e EDP não estão a ser suficientes para colocar o PSI em terreno positivo.

A carregar o vídeo ...
Diogo Mendo Fernandes diogofernandes@negocios.pt 26 de Setembro de 2022 às 08:18
  • Partilhar artigo
  • 19
  • ...
A bolsa de Lisboa segue a negociar com perdas no arranque da sessão esta manhã, depois da queda da passada sexta-feira em que retornou a mínimos de março, tendo o pior dia desde junho.

O PSI desvaloriza 0,19% para 5.477,26 pontos, com seis cotadas no verde e nove no vermelho.

Entre as maiores perdas está a Semapa que cai 3,37%, seguida pelo BCP que desvaloriza 1,83% e os CTT que perdem 1,53%.

Ainda a registar quedas acima de 1% está a Mota-Engil (-1,09%), mesmo apesar de estar perto de assegurar a construção de três linhas de metro na América Latina, no valor de mais de quatro mil milhões de euros. A par com a construtora está a Galp que recua 1,06%.

No setor das energias renováveis, a Greenvolt perde 0,47%, ao passo que a EDP Renováveis cede 0,09%.

A registar ganhos está a Navigator que sobe 1,22%, a Altri que ganha 1,07% e a Jerónimo Martins que fecha o pódio a avançar 0,95%. Já a EDP soma 0,61%.

Esta segunda-feira os mercados estão a reagir à vitória de Giorgia Meloni, que alcançou uma maioria absoluta quer na Câmara dos Deputados quer no Senado. Ainda hoje é esperada uma declaração de Christine Lagarde, presidente do Banco Central Europeu, no Comité dos Assuntos Económicos e Monetários do Parlamento Europeu.
Ver comentários
Saber mais Lisboa economia negócios e finanças macroeconomia mercado e câmbios bolsa
Outras Notícias