Bolsa Bolsa nacional põe fim a oito sessões de perdas com ganhos superiores a 1,5%

Bolsa nacional põe fim a oito sessões de perdas com ganhos superiores a 1,5%

A bolsa portuguesa acompanha os fortes ganhos das congéneres europeias, devido à expectativa de que Estados Unidos e China ainda vão fechar um acordo.
A carregar o vídeo ...
Rita Faria 10 de maio de 2019 às 08:22

A bolsa nacional arrancou o dia com um forte otimismo, seguindo em alta depois de oito sessões consecutivas de quedas. O PSI-20 ganha 1,57% para 5.188,03 pontos, com todas as cotadas em terreno positivo.

 

Lisboa acompanha desta forma a tendência positiva das principais praças europeias, que ganham quase 1% nesta última sessão da semana.

 

Apesar de os Estados Unidos e a China não terem chegado a um acordo e, por isso, ter entrado em vigor o aumento das tarifas sobre os bens chineses, de 10% para 25%, as negociações em Washington entre os dois países vão continuar esta sexta-feira, havendo ainda a possibilidade de um entendimento. A reforçar essa expectativa está o anúncio feito ontem pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de que recebeu uma "linda carta" do presidente chinês Xi Jinping.

 

Assim, os investidores acreditam que as duas maiores economias do mundo ainda podem alcançar um entendimento que leve os Estados Unidos a revogar este aumento das tarifas e que alivie a tensão entre os dois países.

 

Por cá, o BCP é a cotada que mais contribui para a valorização do PSI-20, com uma subida de 3,96% para 24,96 cêntimos. Isto depois de o banco ter revelado ontem que obteve lucros de 153,8 milhões de euros no primeiro trimestre, o que representa uma subida de 80% face ao resultado líquido do mesmo período do ano passado.

 

Os resultados ficaram acima do esperado pelos analistas, que apontavam para lucros de 108,7 milhões de euros, de acordo com as projeções de três bancos de investimento, que oscilavam entre 98 e 114 milhões de euros.

 

Na energia, a EDP sobe 1,74% para 3,280 euros, a EDP Renováveis avança 0,71% para 8,50 euros e a Galp Energia ganha 1,26% para 14,025 euros, acompanhando a subida do preço do petróleo nos mercados internacionais.

 

A contribuir para os forte ganhos do PSI-20 estão ainda as cotadas do setor da pasta e do papel, com destaque para a Altri, que soma 4,07% para 6,78 euros. A Semapa valoriza 1,5% para 13,56 euros e a Navigator sobe 2,05% para 3,676 euros, depois de ter anunciado ontem que fechou o primeiro trimestre deste ano com um resultado líquido de 49,3milhões de euros, o que representa uma redução de 7,5% face ao mesmo período do ano passado.

 

Nos primeiros três meses de 2019, o volume de negócios aumentou em todos os segmentos para 421,8 milhões de euros, o que reflete uma subida de 9,6% em termos homólogos.




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI