Bolsa Bolsas dos EUA em queda no arranque da semana mais preenchida de resultados

Bolsas dos EUA em queda no arranque da semana mais preenchida de resultados

As bolsas dos Estados Unidos abriram em queda, depois de uma pausa prolongada, e numa sessão de menor liquidez devido ao encerramento dos mercados europeus.
Bolsas dos EUA em queda no arranque da semana mais preenchida de resultados
Reuters
Rita Faria 22 de abril de 2019 às 14:44

Os principais índices norte-americanos abriram em queda esta segunda-feira, 22 de abril, depois de uma pausa prolongada por ocasião da Páscoa, com os investidores a assumirem uma postura mais cautelosa no arranque daquela que será a semana mais preenchida em termos de apresentação de resultados.   

 

O índice industrial Dow Jones cai 0,34% para 26.468,97 pontos, enquanto o tecnológico Nasdaq desce 0,37% para 7.968,66 pontos. Já o S&P500 desvaloriza 0,26% para 2.896,74 pontos, após ter descido ligeiramente na semana passada, pondo fim a uma série de três semanas consecutivas de ganhos.

 

Mais de um terço das empresas do S&P500 apresentam as suas contas esta semana, incluindo a Boeing, a Amazon e o Facebook, pelo que serão dias decisivos para o sentimento dos investidores.

 

Segundo dados da Refinitiv, citados pela Reuters, os lucros das empresas do S&P500 deverão ter caído 1,7% no primeiro trimestre, em termos homólogos, o que marca a primeira quebra dos resultados desde 2016.

 

A Halliburton valoriza 1,64% para 31,72 dólares, depois de ter anunciado um aumento dos lucros, e a beneficiar dos fortes ganhos do petróleo nos mercados internacionais.

 

A Exxon Mobil sobe 1,17% para 82,08 dólares e a Schlumberger valoriza 0,20% para 45,63 dólares.

 

Já a Boeing cai 1,07% para 376 dólares depois de o New York Times ter noticiado no fim de semana que a fábrica da empresa na Carolina do Sul, que fabrica o 787 Dreamliner, foi prejudicada por uma produção de má qualidade e fraca fiscalização que ameaçou comprometer a segurança.

 

Também a Tesla desvaloriza 2,17% para 267,34 dólares, depois de ter anunciado que enviou uma equipa para a China para investigar um vídeo que foi colocado nas redes sociais onde se vê um Model S a explodir na garagem de um edifício residencial.  




Marketing Automation certified by E-GOI