Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Greenvolt aumenta capital para 247,6 milhões

A empresa de renováveis registou o aumento de capital no valor de 177 milhões de euros, no âmbito do IPO concluído pela companhia.

João Manso Neto, que foi CEO da EDP Renováveis, vai liderar a Greenvolt, do grupo Altri.
Mafalda Santos
Patrícia Abreu pabreu@negocios.pt 14 de Julho de 2021 às 16:29
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

A Greenvolt concluiu o registo de um aumento do seu capital de 177 milhões de euros para 247,6 milhões, uma operação realizada no âmbito do IPO, cujo período de subscrição terminou esta segunda, dia 12 de julho. No total foram emitidas 41,8 milhões de novas ações, sendo que 30,6 milhões foram subscritas por investidores qualificados e as outras 11,2 milhões pela V-Ridium.

A empresa de renováveis, que apresenta esta quinta-feira os resultados da sua oferta pública inicial (IPO, na sigla anglo-saxónica), fez o registo do aumento de capital associado à operação e que inclui uma tranche destinada aos polacos da V-Ridium. O capital social da empresa passa de 70 milhões de euros para 247,6 milhões.

 

"Torna-se público que o aumento de capital acima referido, compreendendo a emissão de 41.788.235 novas ações ordinárias, escriturais e nominativas, sem valor nominal, ao preço de subscrição unitário de 4,25 euros, oferecidas à subscrição reservada a investidores profissionais" refere a Greenvolt num comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

 

De acordo com o mesmo documento, e tal como já tinha sido avançado, o aumento de capital destinou-se ainda "à subscrição da sociedade V-Ridium Europe Sp. z.o.o, com um ágio de 0,75 Euros, mediante a entrega de 11.200.000 ações da sociedade V-Ridium Power Group, Sp. z.o.o., representativas de 100% do capital social dessa sociedade".

 

Com esta operação, "o capital social da Greenvolt, que era de 70.000.000 euros, é atualmente de 247.599.998,75 euros, correspondendo o aumento de capital global, de 177.599.998,75 euros, à subscrição de 30.588.235 novas ações por investidores profissionais (montante de aumento de 129.999.998,75 euros) e a 11.200.000 novas ações por subscrição da sociedade V-Ridium Europe Sp. z.o.o (montante de aumento de 47.600.000 Euros), passando o capital social a estar representado por 116.788.235 ações ordinárias, escriturais e nominativas, sem valor nominal".

 

O comunicado acrescenta ainda que "o valor do aumento do capital indicado no comunicado publicado no dia 13 de julho 2021 (255.999.998,75 euros) incluía o prémio de emissão relativo às 11.200.000 novas ações por subscrição da sociedade V-Ridium Europe Sp. z.o.o, prémio de emissão esse que ascende a 8.400.000 euros".

 

Na terça-feira, a Greenvolt adiantava, em comunicado, que "o seu capital social será aumentado para 255.999.998,75 euros e que, no âmbito da operação de aumento de capital, será apresentado amanhã o pedido de registo comercial do mesmo, contemplando igualmente os montantes relativos à subscrição em espécie, conforme indicado no Prospeto".

 

Ainda de acordo com o comunicado, as novas ações serão fungíveis com as demais ações da empresa e "conferirão aos seus titulares, a partir da data da respetiva emissão, os mesmos direitos que as ações existentes antes da Oferta". A estreia no mercado está agendada para amanhã, dia 15 de julho.

Ver comentários
Saber mais Greenvolt IPO aumento de capital novas ações
Outras Notícias