Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Greenvolt quer chegar ao PSI-20 em setembro

O CEO da Greenvolt afirma que a intenção é passar ao índice nacional o mais rápido possível.

O CEO da Greenvolt, João Manso Neto, apresentou os planos da empresa até 2025.
Paulo Duarte
Ana Batalha Oliveira anabatalha@negocios.pt 14 de Julho de 2021 às 17:05
  • Assine já 1€/1 mês
  • 8
  • ...
A Greenvolt, o braço de energias renováveis da Altri que está na véspera da entrada em bolsa, já está de olho no PSI-20: afirma que tem intenção de integrar o índice nacional em Setembro. 

"Temos a pretensão de logo que possível, e logo que possível tem de ser setembro porque não dá antes, de ir para o PSI-20. É ponto de honra.  Queremos fazê-lo e muito rapidamente", afirmou João Manso Neto, o CEO da Greenvolt, na sessão de admissão em bolsa que decorre esta quarta-feira, na Euronext. 

Setembro é a data possível para dar o salto para o índice nacional, pois é quando se dará a revisão trimestral do índice, que está a cargo da Euronext. 

A empresa avançou com uma oferta pública inicial (IPO, na sigla em inglês) dirigida apenas a investidores institucionais, tendo definido como preço os 4,25 euros, ou seja o limite inferior do intervalo inicialmente anunciado, que ia dos 4,25 aos 5 euros. "4,25, 4,50 ou 5 euros é sempre barato, na minha opinião, porque a empresa vale mais do que isto", defendeu Manso Neto. "Num IPO há sempre um desconto, em todo o lado. O mercado dirá qual o valor da ação", concluiu. 

Sobre o lançamento em bolsa acontecer em julho, um mês tipicamente menos ativo nos mercados dado o período de férias, Manso Neto defende que também tem vantagens. "Se isto é bom, se é mau, nunca se sabe. Este ano tem havido muito IPO. E a nossa perspetiva é que se calhar ia haver ainda mais oferta (em setembro). Quanto mais histórias existam, mais concorrência. Neste momento não é mau. Não é euforia, mas se calhar em setembro é pior", afere.

(Notícia atualizada com mais informação)
Ver comentários
Saber mais mercados Greenvolt Renováveis Altri IPO
Outras Notícias