Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Improbabilidade de impeachment e frente comercial animam Wall Street

As bolsas norte-americanas encerraram em terreno positivo, animadas pela improbabilidade de o presidente Donald Trump ser destituído e pelo maior otimismo em torno das conversações comerciais EUA-China.

Reuters
Carla Pedro cpedro@negocios.pt 25 de Setembro de 2019 às 21:08
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O Dow Jones encerrou a somar 0,61% para 26.970,71 pontos e o Standard & Poor’s 500 ganhou 0,62% para 2.984,87 pontos.

 

Por seu lado, o tecnológico Nasdaq Composite avançou 1,05% para 8.077,38 pontos.

 

As bolsas do outro lado do Atlântico fecharam em alta, sustentadas pelos menores receios em torno do processo de impeachment do presidente Donald Trump, lançado pela maioria democrata da Câmara dos Representantes. E isto porque a destituição é decidida no Senado, que é de maioria republicana.

 

Por outro lado, os novos sinais de alívio das tensões comerciais entre as duas maiores economias do mundo também contribuíram para o movimento positivo em Wall Street. Donald Trump declarou que é possível um acordo comercial com a China, o que animou a tendência.

 

Os setores que mais impulsionaram os índices bolsistas foram os da banca e das tecnologias.

 

Destaque ainda para a Philip Morris e a Altria, que ganharam terreno depois de anunciarem o fim das conversações com vista a uma fusão.

 

Já o eBay cedeu terreno depois da notícia da demissão do seu CEO, Devin Wenig, que não se revê nos atuais planos da administração da empresa que gere a plataforma de leilões online e que passam pela venda de algumas unidades de negócio.

Ver comentários
Saber mais Wall Street Standard & Poor's 500 Nasdaq Composite Dow Jones bolsa EUA Donald Trump
Mais lidas
Outras Notícias