Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Martifer dispara quase 11% e toca em máximos de sete anos

As ações da Martifer estão a valorizar 10,97% nos primeiros minutos de negociação. A empresa anunciou esta segunda-feira que ganhou um novo contrato em França.

  • Partilhar artigo
  • 2
  • ...
Os títulos da empresa de Oliveira de Frades estão a reagir em alta na sessão desta terça-feira ao anúncio de um novo contrato internacional, desta vez em território francês, anunciado já após o fecho do mercado esta segunda-feira.

As ações da empresa liderada por Pedro Duarte dispararam 10,97% nos primeiros minutos da sessão em Lisboa, chegando aos 89 cêntimos. Trata-se de um máximo de 31 de março de 2014. 

O grupo Martifer, que gera nos mercados externos mais de 80% da sua faturação, anunciou que ganhou um novo contrato internacional, em França, naquela que é a sua atividade fundacional, as estruturas metálicas, no valor de 35 milhões de euros, num negócio de 125 milhões de euros adjudicado a um consórcio que integra com o grupo Vinci.

"A Martifer, SGPS, S.A., Sociedade Aberta ("Martifer"), informa sobre a adjudicação à sua participada Martifer Constructions SAS ("Martifer França") de um contrato em consórcio com a GTM SUD e a Travaux du Midi Provence (empresas do grupo Vinci) para a ampliação do Aeroporto de Marselha Provence. O valor global do contrato ascende a 125 milhões de euros", avançou a empresa em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), esta segunda-feira, 20 de setembro.

Os trabalhos a executar pela Martifer, que será responsável pelo fornecimento e montagem de estrutura metálica, fachadas em vidro, clarabóias e revestimentos em chapa de alumínio, "têm um valor estimado de 35 milhões de euros e o prazo previsto para a execução da obra é de 37 meses", adianta a empresa controlada pelos irmãos Carlos e Jorge Martins.

No mês passado, a Martifer já havia tocado em máximos de maio de 2014, quando cotou nos 75 cêntimos, na altura a reagir também em alta ao anúncio de que encerrou o primeiro semestre de 2021 com lucros de 5,8 milhões de euros, quase quadruplicando o resultado líquido de 1,5 milhões obtido no mesmo período do ano passado.
Ver comentários
Saber mais PSI-20 mercados Martifer
Outras Notícias