Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Nasdaq e S&P 500 marcam novos recordes em dia de stock split da Apple e Tesla

As bolsas do outro lado do Atlântico fecharam em terreno misto, com o Nasdaq em alta e o Standard & Poor's 500 e o Dow em baixa, se bem que o S&P 500 tenha chegado a marcar hoje um novo máximo de sempre. Isto em dia de stock split da Apple e da Tesla, cotadas que também foram a recordes e impulsionaram o índice tecnológico.

Reuters
Carla Pedro cpedro@negocios.pt 31 de Agosto de 2020 às 21:33
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

O Dow Jones encerrou a ceder 0,78% para 28.430,05 pontos, ao passo que o Standard & Poor’s 500 não se aguentou em alta e acabou por deslizar 0,22% para 3.500,31 pontos – depois de chegar a marcar um novo máximo histórico durante a sessão, nos 3.510,81 pontos.

 

O S&P 500, que tem estado a marcar recordes consecutivos, interrompeu uma série de sete sessões consecutivas de ganhos. No entanto, isso não impediu que tivesse o melhor agosto dos últimos 34 anos.

 

Já o tecnológico Nasdaq Composite valorizou 0,68% para 11.775,46 pontos, o que constituiu um novo recorde de fecho. Na negociação intradiária estabeleceu um novo máximo de sempre, nos 11.829,84 pontos.

 

Tanto a Apple como a Tesla atingiram novos máximos históricos, ajustando o preço ao stock split – já que hoje começaram a transacionar as novas ações, que diluíram a cotação.

 

A empresa da maçã atingiu um máximo histórico de 131 dólares, com o preço ajustado ao stock split – de quatro novas ações por cada uma antiga. O seu valor de mercado também atingiu um recorde, nos 2,226 biliões de dólares – o maior de sempre de uma cotada.

 

Já a Tesla, que procedeu a um stock split de 5 para 1, fixou um recorde nos 499 dólares, com uma capitalização bolsista de 463,8 mil milhões de euros.

 

Apesar de ambas as ações estarem agora muito mais baratas (as da Apple estão agora cerca de 400 dólares abaixo e da Tesla em torno de 1.800 dólares mais baratas), com o ajuste estão em máximos históricos – mas agora a preços muito mais convidativos em bolsa.

 

Esta diluição não altera o valor do total que os investidores detêm na empresa – só aumentou o número de ações que têm nas suas carteiras.

 

No fecho da sessão, a Apple somou 3,39% para 129,04 dólares e a Tesla disparou 12,57% para 498,32 dólares.

 

Hoje, o Dow Jones, que é composto por 30 cotadas, deu as boas-vindas a três novas empresas: Honeywell, Salesforce e Amgen, tendo dito adeus à ExxonMobil, Pfizer e Raytheon.

 

A pressionar a sessão de hoje em Wall Street estiveram uma vez mais os receios decorrentes da propagação da covid-19.

 

O Dow liderou as perdas, com a Microsoft e a Walmart a serem as cotadas com pior desempenho devido aos receios de que a China possa bloquear uma possível venda da aplicação de vídeos de curta duração TikTok.

Ver comentários
Saber mais wall street dow jones s&p 500 Nasdaq bolsas EUA
Mais lidas
Outras Notícias