Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Nos sobe para máximos de um ano com JB Capital a dar potencial de 37%

As ações da empresa de telecomunicações estão a recuperar o fôlego depois da derrocada registada em março do ano passado, altura em que a covid se fez sentir nos mercados.

A Nos, liderada por Miguel Almeida, registou imparidades pela sua participação na Sport TV. A Nos tem 25% da empresa de conteúdos desportivos.
Miguel Baltazar
Gonçalo Almeida goncaloalmeida@negocios.pt 01 de Setembro de 2021 às 14:07
  • Partilhar artigo
  • 4
  • ...
As ações da Nos estão a subir mais de 1% para os 3,636 euros, o que representa um máximo de agosto do ano passado, beneficiando com as notas otimistas que surgiram nos últimos dias por parte de vários analistas. Ao longo da manhã, foram negociadas empresa de telecomunicações portuguesa mais de 300 mil ações da Nos, que compara com a média diária dos últimos 90 dias bem acima deste valor: 1,1 milhões.

Ontem foi a vez da JB Capital Markets que reforçou a recomendação sobre a empresa portuguesa em "comprar" e definiu um preço-alvo de 4,89 euros por ação. Ao preço de fecho do dia 30 de agosto, um dia antes de a nota ser divulgada, esta meta definida dá um retorno potencial de 37% à empresa de Miguel Almeida. 


Fitch aponta para que as receitas cresçam 2,1% no segundo semestre do ano com a ajuda do segmento de telecomunicações e a recuperação dos audiovisuais. A agência espera ainda que a Nos reforce a remuneração acionista nos próximos três anos aproximando-se dos 190 milhões em 2024.

Em agosto, a maior subida registada por uma empresa do PSI-20 foi a da Nos, com um ganho de 14,3%. Seguiram-se a 
EDP Renováveis (13,7%), a Sonae SGPS (10,8%) e a Altri (10,7%). Do lado oposto, quatro cotadas tiveram uma variação mensal negativa: a Pharol (-4,9%), a Ramada (-1,7%), a Ibersol (-1,7%) e Novabase (-1,1%).

No ano como um todo, a empresa portuguesa de telecomunicações regista um ganho de 25%. No total, existem sete analistas a recomendar "comprar" ações da empresa, sete a aconselhar "manter" e um a dizer que o melhor será "vender".
Ver comentários
Saber mais JB Nos Capital economia negócios e finanças Informação sobre empresas mercado e câmbios economia (geral) bolsa
Outras Notícias