Bolsa Wall Street perde mais de 1% penalizada pela energia

Wall Street perde mais de 1% penalizada pela energia

A queda dos preços do petróleo continua a castigar fortemente os títulos da energia, o que por sua vez tem pressionado as bolsas de todo o mundo. Do outro lado do Atlântico, os principais índices perderam mais de 1%.
Wall Street perde mais de 1% penalizada pela energia
Bloomberg
Negócios 25 de janeiro de 2016 às 21:32

As principais bolsas dos Estados Unidos encerraram no vermelho, penalizadas sobretudo pelo mau desempenho dos títulos da energia, à conta da nova queda do crude – que segue a afundar em torno de 7% em Nova Iorque e em Londres.

 

O Dow Jones fechou a recuar 1,29% para 15.885,22 pontos, e o Standard & Poor’s 500 cedeu 1,6% para 1.877,34 pontos – anulando assim 75% dos ganhos da passada sexta-feira.

 

A categoria dos títulos da energia, no S&P 500, registou a maior queda desde Agosto do ano passado.

 

O índice tecnológico Nasdaq Composite, por seu lado, desvalorizou 1,58%, para se fixar nos 4.518,49 pontos.

 

Wall Street está a caminho do seu pior mês de Janeiro desde 2009, sobretudo devido aos receios de que o abrandamento económico na China possa penalizar o crescimento global, com a descida dos preços do crude a exacerbar essas preocupações.

 

No acumulado do ano, o Dow Jones perde 8,83%, o S&P 500 recua 8,2% e o Nasdaq Composite regista um decréscimo de 9,76%.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI