Dividendos BCP deve cancelar pagamento de dividendo

BCP deve cancelar pagamento de dividendo

A decisão deverá ser aprovada esta semana no Conselho de Administração do banco.
BCP deve cancelar pagamento de dividendo
Lusa
Nuno Carregueiro 26 de março de 2020 às 07:44

O Conselho de Administração do Banco Comercial Português deverá aprovar esta semana o cancelamento do pagamento de dividendos, referentes ao exercício de 2019, com o objetivo de reforçar os rácios numa altura em que a pandemia do novo coronavírus obriga o setor a privilegiar a solidez do seu capital.  


A notícia foi avançada pelo Eco, que diz que a aprovação deste cancelamento na administração do banco está praticamente garantida e que tem o apoio dos maiores acionistas. E Cita Miguel Maya, o CEO do banco, a afirmar que a sua prioridade, "em primeiro lugar, é o banco e o seu futuro". O Negócios contactou o BCP, mas ainda não obteve resposta oficial.

 

A estratégia de cancelar pagamentos de dividendos deverá ser pratica comum na banca europeia este ano. O Santander já o fez e ainda ontem foi notícia que a Federação Bancária Europeia (EBF) pretende um consenso entre os bancos europeus para que não sejam distribuídos dividendos, pois a prioridade é fazer chegar dinheiro às economias.
 

Depois de um longo período de interregno, o BCP regressou o ano passado à remuneração dos seus acionistas. Pagou um dividendo de (0,2 cêntimos por ação). Depois de ter anunciado lucros de 302 milhões de euros em 2019 (aumento de 0,3%), Miguel Maya tinha avançado em fevereiro que o banco iria adotar uma política "muito conservadora" no pagamento de dividendos este ano. Agora, com a pandemia a fazer adivinhar uma recessão profunda na economia global, o BCP deverá mesmo optar por não pagar qualquer dividendo.

 




Marketing Automation certified by E-GOI