Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Taxa de esforço dos endividados é o dobro da recomendável

As prestações com os empréstimos representam, em média, 72% do rendimento das famílias que pedem ajuda à Deco. O dobro do aconselhado para evitar problemas futuros.

Bruno Simão/Negócios
Raquel Godinho rgodinho@negocios.pt 29 de Outubro de 2015 às 07:00
  • Partilhar artigo
  • 2
  • ...

72%. Esta é a taxa de esforço média das famílias em dificuldades que pedem ajuda à Deco por não conseguirem cumprir com as suas responsabilidades. Uma percentagem que é mais do dobro do que é recomendável. As despesas com créditos não devem pesar mais do que 35% no rendimento das famílias, de modo a evitar problemas de sobreendividamento no futuro. Por isso, o número de pedidos de ajuda continuam a aumentar.

...

Negócios Premium
Conteúdo exclusivo para assinantes
Já é assinante? Inicie a sessão
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone
  • Conteúdos exclusivos com melhor da informação económica nacional e internacional;
  • Acesso sem limites, até três dispositivos diferentes, a todos os conteúdos do site e app Negócios, sem publicidade intrusiva;
  • Newsletters exclusivas;
  • Versão ePaper, do jornal no dia anterior;
  • Acesso privilegiado a eventos do Negócios;
Ver comentários
Saber mais créditos consumo habitação sobreendividado Deco Natália Nunes
Mais notícias Negócios Premium
+ Negócios Premium
Capa do Jornal
Informação de qualidade tem valor. Invista. Assine já 1mês / 1€
Mais lidas
Outras Notícias