Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Herdeiros de Pablo Picasso lançam coleção de NFT

Os herdeiros de Pablo Picasso vão avançar com o lançamento de uma coleção de 1.010 peças tituladas sobre NFT (Non Fungible Tokens). O conjunto de artigos, inclui uma obra em cerâmica nunca antes vista pelo público.

Fábio Carvalho da Silva fabiosilva@negocios.pt 26 de Janeiro de 2022 às 14:11
  • Partilhar artigo
  • 1
  • ...

Os herdeiros de Pablo Picasso vão avançar com o lançamento de uma coleção de 1.010 peças tituladas sobre NFT (Non Fungible Tokens). O conjunto de artigos, inclui uma obra em cerâmica nunca antes vista pelo público.

"Estamos a tentar construir uma ponte entre o mundo NFT e o mundo das belas artes", frisou Florian Picasso (na foto), bisneto do pintor, em entrevista à Bloomberg TV.

No que toca à peça de cerâmica nunca revelada esta é uma espécie de grande taça datada de outubro de 1958 e que fez parte da decoração da casa da família Picasso. "É daquelas peças que fez parte da minha vida e dos meus filhos", confessou Marina Picasso, neta do autor de "Guernica". A peça será leiloada pela Sotheby's em março.

Parte dos lucros será doado, por um lado, a organizações que lutam contra a escassez de enfermeiros e por outro a entidades que combatem pela emergência climática. Sempre que comprar um dos NFT desta coleção o comprador adquirirá ainda uma música exclusiva composta por Florian Picasso e John Legend.

NFT vibraram em 2021

Dos macacos estridentes aos videoclips e "singles" mais icónicos da segunda metade do século XX, o mercado dos NFT (sigla inglesa para non-fungible tokens) atingiu um volume de vendas de 24,9 mil milhões de dólares em 2021. O montante representa um disparo face aos 94,9 milhões registados no ano anterior, segundo os dados divulgados pela DappRadar, uma base de verificação de dados que acompanha mais de dez plataformas globais.

No total, cerca de 28,6 milhões de carteiras foram autoras de transações de NFT, durante o ano passado, uma subida gigantesca quando comparada às 545 mil contabilizadas pela plataforma em 2020.

E estes números podem pecar por defeito já que as estimativas dos volumes variam consoante o verificador de dados, dependendo das plataformas que estes abrangem. Assim, por exemplo as transações que ocorrem "off-chain", como as principais vendas NFT realizadas por casas de leilões, não costumam entrar para estas contas.

Não é assim de estranhar que haja por isso diferenciações nos dados. A CryptoSlam, por exemplo, que também rastreia várias plataformas de blockchain, aponta o volume de vendas para 18,3 mil milhões. Já a NonFungible.com, que acompanha apenas as plataformas de blockchain fundamentadas na rede ethereum contabilizou 15,7 mil milhões de dólares.

Ver comentários
Saber mais Pablo Florian Picasso economia negócios e finanças serviços financeiros leilões
Outras Notícias