Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

5 coisas que precisa de saber para começar o dia

As ações da Navigator vão reagir ao novo CEO e a um dividendo extraordinário.

Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 25 de Novembro de 2019 às 07:30
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
Navigator tem novo CEO e paga dividendo extraordinário

Após o final da sessão de sexta-feira a Navigator divulgou várias novidades relevantes. Está finalmente escolhido o CEO da fabricante de pasta e papel. A Comissão Executiva será liderada a partir do início do próximo ano por António Redondo, um homem da casa que trabalha da Navigator há mais de 30 anos e é administrador executivo desde 2007.

A Navigator revelou ainda que a empresa vai realizar uma assembleia geral a 20 de dezembro para aprovar o pagamento de um dividendo extraordinário de 99 milhões de euros, o que equivale a 13,94 cêntimos por ação e a uma rentabilidade de 4% face ao valor de fecho das ações na última sessão.

 

Fitch mantém rating de Portugal

Vários analistas tinham a expectativa de que a Fitch Ratings elevasse a notação financeira de Portugal, mas a agência optou por manter tudo na mesma: rating de BBB e "outlook" positivo. Na nota divulgada na sexta-feira a Fitch elogia o desempenho da economia portuguesa e continua a alertar para a dívida pública "muito mais elevada" do que a média dos países com o mesmo rating. Os juros das obrigações soberanas portuguesas têm evoluído em alta nas últimas sessões e esta segunda-feira podem voltar a estar pressionadas.   

 

Vários discursos dos bancos centrais

O presidente da Fed, Jerome Powell, discursa em Providence, Rhode Island, depois de surgir ao lado do presidente da Reserva Federal de Boston, Eric Rosengren, em Hartford, Connecticut. Neste dia, o governador do Banco de França, Villeroy de Galhau, discursa em Paris sobre literacia financeira. E o economista-chefe do BCE, Philip Lane, falará no University College London.

 

LVMH e Novartis às compras

Domingo é dia de anúncios e notícias sobre fusões e ontem não foi exceção. Depois de um mês de namoro, a LVMH subiu a parada e convenceu a administração da Tiffany a aceitar a oferta melhorada para comprar a joalheira norte-americana. A empresa de Bernard Arnault, o homem mais rico da Europa, colocou em cima da mesa 135 dólares por ação (em dinheiro), o que avalia a operação em 16,5 mil milhões de dólares e representa uma melhoria de 12,5%. O anúncio formal deverá ser feito esta segunda-feira. No setor farmacêutico também há novidades. A Novartis chegou a acordo para comprar a Medicines Co. por 6,8 mil milhões de dólares para ganhar um medicamento promissor para combater o colesterol.   

 

Empresários alemães menos pessimistas?

Na frente dos dados económicos há apenas a assinalar a divulgação do índice do instituto alemão Ifo para medir o sentimento dos empresários alemães e que é seguido com atenção pelos investidores pois serve de indicador avançado sobre o andamento da maior economia europeia. Os economistas estimam uma leitura de 95 em novembro, o que representa uma melhoria face aos 94,6 de outubro.

 

Ver comentários
Saber mais 5 coisas newsletter mercados
Mais lidas
Outras Notícias