Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

5 coisas que precisa de saber para começar o dia

Esta quarta-feira o IGCP realiza dois leilões das linhas de bilhetes do Tesouro com maturidades em janeiro de 2021 e em julho de 2021. A operação tem um montante indicativo global entre 1.500 milhões e 1.750 milhões de euros.

Negócios jng@negocios.pt 15 de Julho de 2020 às 07:30
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...
IGCP volta ao mercado para duplo leilão de curto prazo

O instituto que gere a dívida pública vai voltar hoje ao mercado, para um duplo leilão de dívida de curto prazo, como objetivo de levantar até 1.750 milhões de euros. De acordo com o IGCP, trata-se de dois leilões das linhas de bilhetes do Tesouro com maturidades em 15 de janeiro de 2021 (seis meses) e 16 de julho de 2021 (um ano).

Galp perde 60 milhões com transações não autorizadas

A Galp informou ontem à noite que foram identificadas transações, não autorizadas pela empresa, de derivados sobre licenças de emissão de CO2 que resultaram numa perda de cerca de 60 milhões de euros. "Esta situação encontra-se integralmente superada, tendo a empresa encerrado a totalidade das posições e tomado medidas adequadas no plano interno, incluindo ações disciplinares e de auditoria, e no domínio do reforço dos controlos operacionais, com vista a precaver a ocorrência de eventos idênticos no futuro", sublinhou. A petrolífera liderada por Carlos Gomes da Silva referiu ainda que "este evento não altera a posição de caixa indicada no ‘trading update’ divulgado ao mercado a 13 de julho, sem que haja impactos financeiros negativos adicionais associados".

As recomendações do comité ministerial da OPEP+

Termina hoje a reunião de dois dias do Comité Ministerial Conjunto de Acompanhamento (JMMC, na sigla em inglês) do acordo de redução da produção petrolífera dos países da Organização dos Países Exportadores de Petróleo e seus aliados (o chamado grupo OPEP+), de onde sairá uma recomendação para o nível de cortes a partir de agosto. Desde 1 de maio que está em vigor uma retirada de 9,7 milhões de barris por dia do mercado por parte da OPEP+ e o mercado está à espera que esse nível seja aligeirado para 7,7 milhões de barris por dia.

Atividade turística de maio e política monetária em destaque

O Instituto Nacional de Estatística (INE) revela os dados da atividade turística em maio. No resto da Europa, destaque para os números da inflação de junho no Reino Unido e em Itália. Em matéria de política monetária, o Banco do Canadá e o Banco do Japão anunciam as suas decisões sobre as taxas de juro e a sua política de estímulos, nos respetivos países. Na bolsa nipónica poderá ter já havido reflexo da decisão do banco central do país.

Inventários de crude nos EUA em foco

A Administração de Informação em Energia (IEA, na sigla original, que está sob a tutela do Departamento norte-americano da Energia) divulga os dados relativos aos inventários de crude dos EUA na semana passada, bem como os stocks de destilados e gasolina. A evolução das reservas norte-americanas é seguida sempre com muita atenção e é um dado que mexe com os preços da matéria-prima.

Ver comentários
Mais lidas
Outras Notícias