Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

5 coisas que precisa de saber para começar o dia

Os dados da inflação nos EUA em junho são o "prato forte" do dia. Na Europa, por seu turno, serão publicadas as segundas leituras da inflação na Alemanha, Espanha e França.

Sílvia Abreu silviaabreu@negocios.pt 13 de Julho de 2022 às 07:45
  • Partilhar artigo
  • ...
Inflação capta atenções nos EUA e em três países europeus

A publicação dos dados da inflação nos EUA em junho centram as atenções do mercado. Os investidores aguardam para ver se a política monetária agressiva da Reserva Federal (Fed) já surte efeito. Na Europa, Alemanha, Espanha e França divulgam esta quarta-feira os números finais da inflação de junho. As estimativas rápidas, apresentadas no mês de junho, apontam para uma inflação de 8,2% na Alemanha, 10,2% em Espanha e 5,2% em França. 

Construção sob análise 

O Instituto Nacional de Estatística (INE) divulga esta quarta-feira os Índices de Produção, Emprego, Remunerações na Construção referentes ao mês de maio. Em abril, este índice cresceu 3,7%, um abrandamento de 0,7 pontos percentuais face ao registado no mês anterior. 

Produção industrial na Zona Euro e PIB no Reino Unido

São hoje conhecidos os dados de maio relativos à produção industrial na Zona Euro e no Reino Unido. Em abril, a produção no bloco da moeda única caiu 2% em termos homólogos. Londres divulga também dados sobre a variação em cadeia do Produto Interno Bruto (PIB) em junho. Em maio, o PIB britânico caiu 0,3% face ao mês anterior. 

Mercados reagem a dados da balança comercial na China

Os mercados reagem esta quarta-feira à apresentação dos números da balança comercial da China relativos a junho. Este é o maior componente do saldo de pagamentos do país.

Delta Airlines reporta contas

A companhia aérea norte-americana apresenta hoje os seus resultados trimestrais. Estes deverão ser os melhores resultados desde o início da pandemia para as companhias aéreas norte-americanas, mas as preocupações com a instabilidade económica estão a deixar os investidores inquietos.

Saber mais China Zona Euro Reino Unido Alemanha Espanha França
Outras Notícias