Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Controlinveste Media confirma que participação no FCP passa para a Olivedesportos

A empresa controlada por Joaquim Oliveira e que recebeu António Mosquito como accionista de referência no início da semana passada passou a controlar a Sportinveste SGPS, que detém 10,1% dos direitos de voto no Futebol Clube do Porto – Futebol, SAD.

Bruno Carvalheiro
Negócios 02 de Dezembro de 2013 às 18:53
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...

A participação da Sportinveste SGPS, S.A. foi incorporada na Controlinveste Media, SGPS, S.A., segundo foi confirmado pela empresa em comunicado publicado junto da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

 

Os 10,1% do capital da Futebol Clube do Porto – Futebol, SAD (FCP – SAD), que faziam parte do património da Sportinvest foram transferidos para a Olivedesportos, SGPS, S.A., segundo o comunicado. O empresa de Joaquim Oliveira continua a controlar a participação através sociedade que é dona da SportTV.
 

“Foi concretizada a fusão por incorporação da sociedade Sportinveste SGPS, S.A. na sociedade Controlinveste Media SGPS, S.A.”, lê-se no comunicado remetido pela sociedade anónima desportiva do Futebol Clube do Porto à CMVM.

 

A notícia foi avançada em comunicado à CMVM, após a operação em que António Mosquito entrou no capital da Controlinveste e foi confirmada esta tarde.

 

António Mosquito é, desde 26 de Novembro, um dos dois grandes accionistas da empresa dona de publicações como o “Diário de Notícias”, o “Jornal de Notícias” e a rádio TSF. Até aqui, a Controlinveste, de Joaquim Oliveira, era dona de 100% do capital do Grupo Controlinveste Media. A composição accionista da sociedade Grupo Media muda, segundo o acordo de princípios assinado na terça-feira, 26 de Novembro, que prevê a reestruturação deste grupo dono de órgãos de comunicação social.

 

Como partes deste acordo de princípios está, de um lado, Joaquim Oliveira e os bancos credores BCP e BES e, do outro, António Mosquito e Luís Montez.

 

Mosquito está, neste acordo, ao lado de Luís Montez, da promotora de eventos Música do Coração e um dos donos da Meo Arena. A sociedade Grupo Media será alvo de um aumento de capital através do qual Mosquito e Montez terão um total de 42,5% do capital da sociedade, 27,5% para o empresário angolano, 15% para o empresário português.

 

António Mosquito terá a mesma percentagem que o Grupo Controlinveste tem a partir deste acordo: 27,5%. O BCP e o BES terão uma posição de 15% cada um.

 

Os bancos terão uma participação porque a dívida “será parcialmente convertida em capital”. Contudo, esta é uma participação não estratégica para BCP e BES, que as pretendem alienar em breve. A dívida remanescente, cujo valor não é adiantado no comunicado, será reestruturada mas não haverá lugar a "qualquer perdão".

Ver comentários
Saber mais Sportinveste SGPS S.A. Controlinveste Media SGPS CMVM Futebol Clube do Porto Joaquim Oliveira FCP
Mais lidas
Outras Notícias