Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Novabase estraga pleno na melhor sessão do PSI-20 em seis meses

Principal índice nacional fechou com todas as cotadas a negociarem no "verde", à exceção da Novabase. BCP voltou a liderar ganhos, com disparo de 4%.

A partir de março de 2022, o índice de referência nacional muda de nome e passa a chamar-se apenas PSI.
Miguel Baltazar
Joana Almeida JoanaAlmeida@negocios.pt 13 de Setembro de 2021 às 16:46
  • Assine já 1€/1 mês
  • 23
  • ...
O principal índice português terminou a sessão desta segunda-feira em alta, a superar os ganhos da Europa e a registar a melhor sessão dos últimos seis meses. O PSI-20 encerrou a subir 1,79% para 5.401,67 pontos, com todas as cotadas a negociarem no "verde", com exceção da Novabase.

O BCP foi novamente a cotada que mais valorizou, com um disparo de 4,14%, para 0,1309 euros na primeira sessão depois de o banco ter confirmado que vai avançar com o despedimento coletivo de 62 trabalhadores. A reunião de sexta-feira entre os seis sindicatos bancários e a comissão executiva do BCP terminou sem resultados positivos e os sindicatos anunciaram que vão avançar com greve. 

A acompanhar de perto os ganhos do BCP estiveram a EDP, que subiu 3,36%, para 4,83 euros, e a Mota-Engil, que somou 3,10%, para 1,40 euros. No setor energético, também a EDP Renováveis ganhou 2,37% e a REN avançou 2,03%.

No retalho, a Sonae valorizou 1,08%, enquanto a Jerónimo Martins registou uma subida de 0,48%.

Ainda no "verde", destacou-se a Ibersol, que subiu 1,03%, para 5,86 euros, depois de ter apresentado resultados na passada sexta-feira à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM). A empresa que explora espaços de restauração de marcas como a KFC, Burger King ou Pizza Hut viu as perdas entre janeiro e julho diminuírem em 31%, para 22,9 milhões de euros. 

Em contraciclo, a Novabase encerrou sessão a cair 0,41%, para 4,88 euros.

Nas restantes praças europeias, o índice de referência europeu, Stoxx-600, valorizou 0,25% para 467,52 pontos. O espanhol IBEX 35 somou 1,79%, o alemão DAX subiu 0,52% e o francês CAC 40 ganhou 0,20%.
Ver comentários
Outras Notícias