Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Presidente da CMVM: Reforma da supervisão é opaca, complexa e tem custos

Gabriela Figueiredo Dias concorda com algumas das medidas previstas na reforma da supervisão financeira, mas considera que alguns aspetos precisam de melhoramentos "significativos".

A carregar o vídeo ...
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...
A Presidente da CMVM acredita que a proposta do Governo para a reforma da supervisão financeira, que o Parlamento não chegou a apreciar na anterior legislatura, deverá agora avançar. Embora o modelo escolhido lhe mereça alguns elogios, há aspetos com os quais discorda.

"Esta proposta para ser boa, e pode sê-lo, precisaria de alguns ajustamentos significativos, que têm a ver com a complexidade, com os custos, com a opacidade", afirma Gabriela Figueiredo Dias em entrevista ao Negócios e à Antena 1, a primeira que concede desde que assumiu o cargo há três anos.

"Há ali, eventualmente, um propósito não dito de alguma coisa que até poderá ter valor e poderá fazer sentido em determinados quadros, mas aquilo que parece é que a concretização da proposta se afastou no sentido inverso, que foi o de multiplicar o número de estruturas, de entidades, algo sem paralelo em outras jurisdições", acrescenta.
Ver comentários
Saber mais Gabriela Figueiredo Dias Presidente da CMVM Conversa Capital Reforma da Supervisão Financeira.
Mais lidas
Outras Notícias