Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

EUA aligeiram regras contra especulação financeira

As novas disposições, que vão produzir efeito a partir de 1 de outubro, preveem, entre outras, a facilitação da participação das instituições bancárias em fundos de investimento, designadamente os de capital de risco, obrigacionistas e de gestão de patrimónios.

Reuters
Lusa 25 de Junho de 2020 às 23:26
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...
Os investidores norte-americanos acolheram hoje com agrado a redução das regras contra a especulação financeira nos EUA, dando subidas aos títulos do setor.

"Os títulos financeiros receberam um impulso com a aprovação pelos reguladores de uma redução das restrições da regra Volcker, o que reforça as transações do setor com os fundos de investimento de capital e os 'hedge funds'", apontaram os analistas da Charles Schwab.

Um 'hedge fund' (fundo de cobertura de risco) habitualmente tem um caráter privado, um montante de entrada elevado, requisitos menos exigentes e uma estratégia de investimento e remuneração de gestão mais agressiva que os outros fundos de investimento.

Em comunicado conjunto, cinco reguladores financeiros federais, entre os quais o banco central [Reserva Federal (Fed)] e a autoridade bolsista (SEC, na sigla em inglês), anunciaram modificações da conhecida 'rega Volcker', batizada com o nome Paul Volcker, antigo presidente da Fed e conselheiro do presidente Barack Obama, que morreu em dezembro.

Adotada em 2013 pelo Governo de Obama, esta regra visa impedir os bancos de assumirem posições arriscadas, proibindo-os de fazerem operações de curto prazo com fundos próprios.

As novas disposições, que vão produzir efeito a partir de 1 de outubro, preveem, entre outras, a facilitação da participação das instituições bancárias em fundos de investimento, designadamente os de capital de risco, obrigacionistas e de gestão de patrimónios.

Os títulos do JP Morgan Chase, Bank of America, Citigroup, Wells Fargo, Goldman Sachs e Morgan Stanley valorizaram entre 3,5% e 5% na praça nova-iorquina.
Ver comentários
Saber mais EUA Paul Volcker bolsa banca serviços financeiros
Mais lidas
Outras Notícias