Mercados Trump exige regulação bancária para criptomoedas

Trump exige regulação bancária para criptomoedas

O presidente dos Estados Unidos critica moedas como a Bitcoin ou a Libra, do Facebook, e exige que as empresas que criam estas moedas obtenham uma licença bancária.
Trump exige regulação bancária para criptomoedas
EPA
Negócios 12 de julho de 2019 às 12:37
As criptomoedas foram o novo alvo de Donald Trump esta semana. O presidente dos Estados Unidos considera que as empresas que criam e gerem moedas como a Bitcoin ou a Libra, a nova moeda que o Facebook pretende lançar, deveriam estar sujeitas a regulação bancária, "tal como os outros bancos".

As críticas foram feitas, como habitualmente, na sua conta oficial de Twitter. "Não sou fã da Bitcoin e de outras criptomoedas, que não são dinheiro e cujo valor é altamente volátil e baseado em [critérios arbitrários]", começou por escrever Trump. E continuou: "As criptomoedas sem regulação podem facilitar comportamentos ilegais, incluindo tráfico de droga e outras atividades ilegais".

Assim, defende, deve ser criada regulação. "Se o Facebook e outras empresas querem tornar-se num banco, devem procurar uma nova licença bancária e tornar-se sujeitos a todas as regulações bancárias, tal como os outros bancos, tanto nacionais como internacionais".
O presidente norte-americano concluiu com elogios ao dólar. "Só temos uma moeda real nos Estados Unidos e está mais forte do que nunca, é tanto segura quanto fiável. É, de longe, a moeda mais dominante do mundo e assim será para sempre".
Os investidores ignoram, para já, as declarações de Donald Trump. A Bitcoin segue, por esta altura, a valorizar perto de 5%, negociado acima dos 11.660 dólares e mantendo-se nos níveis mais elevados desde fevereiro de 2018.



pub

Marketing Automation certified by E-GOI