Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Galp Energia paga juro de 2% para emitir 500 milhões de euros

O spread da emissão que a petrolífera está a realizar arrancou nos 260 pontos base, baixou para 235 pontos base e fechou nos 227 pontos base. A procura superou a oferta em mais de duas vezes.

A Galp, liderada por Carlos Gomes da Silva,   é a empresa com maior ponderação no PSI-20, com um peso superior a 12%.
Miguel Baltazar
Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 09 de Junho de 2020 às 16:48
  • Assine já 1€/1 mês
  • 3
  • ...

Depois de ontem ter realizado reuniões com potenciais investidores, a Galp Energia esteve esta terça-feira no mercado com uma emissão de obrigações de 500 milhões de euros, que é a primeira desde 2017 por parte da petrolífera portuguesa.

 

De acordo com a Bloomberg, o spread inicial da emissão de obrigações a cinco anos foi fixado em 260 pontos base acima da taxa mid-swap do euro, baixou depois para 235 pontos base e no final da operação foi fixado em 227 pontos base. Tendo em conta este novo preço, a taxa de juro ficou em redor de 2%.

A procura atingiu 1,1 mil milhões de euros, o que supera em mais de duas vezes a oferta. Segundo a Bloomberg, a "yield" final foi fixada em 2,04% e a taxa de cupão em 2%. 

 

A taxa situa-se bem acima da yield das obrigações soberanas portuguesas, que está esta terça-feira em valores negativos no prazo a cinco anos (-0,009%).

As obrigações pagam um cupão anual e têm maturidade em 15 de janeiro de 2026. A empresa portuguesa liderada por Carlos Gomes da Silva mandatou um sindicato bancário (BBVA, BNP Paribas, CaixaBI, Mizuho, Santander e UniCredit) para avançar com esta emissão, sendo que ontem decorreram reuniões com potenciais interessados.

 

Esta é a primeira emissão desde que em 2017 a Galp Energia também colocou 500 milhões de euros a cinco anos. Nessa emissão a procura superou a oferta em mais de três vezes e a Galp pagou um spread bem inferior ao que está agora a oferecer: 85 pontos base.
 

O encaixe da emissão, segundo a Bloomberg, visa financiar custos relativos à atividade da empresa.


Estes títulos de dívida são emitidas sobre o programa Galp Energia EMTN e serão listados na Euronext de Dublin, estando a emissão sujeita às condições dos mercados. 

(notícia atualizada com valor final do spread)

Ver comentários
Saber mais Galp Energia obrigações emissão
Mais lidas
Outras Notícias