Fernando Ilharco
Fernando Ilharco 19 de julho de 2018 às 20:40

Mesmo necessário para o sucesso

Fazer, focar o trabalho e não as condições do trabalho é o segredo. Não espere, o sucesso acontece a quem faz.

Hoje em dia o sucesso está suficientemente investigado. Existem várias teorias, métodos e modelos que explicam o êxito, ou alguns dos seus aspectos; desde as 10.000 horas de prática deliberada, a melhoria contínua, até à positividade, à determinação, ao chamado 'efeito Mateus', etc. Mas por diversas que sejam estas propostas sobre o caminho para o sucesso, todas elas têm um aspecto em comum.

 

James Clear, investigador norte-americano, conta-nos que no ginásio onde habitualmente ia, às tantas uma senhora, de nome Heather e hoje sua amiga, começou a treinar halterofilismo; como ele. Ela, no entanto, não tinha sapatos apropriados, ao contrário de James. Heather pedir sapatos emprestados… que estavam um pouco estragados; não deviam dar-lhe jeito. Mas não parou de treinar. E mais cedo do que tarde, foi apurada para o campeonato norte-americano de halterofilismo. Nem James nem nenhum outro frequentador do ginásio teve a mesma sorte.

 

É um hábito de muito boa gente, perder tempo a preparar, a analisar, a escolher a melhor altura; qual o melhor par de sapatos para ir correr; qual a melhor raquete para jogar ténis; qual o melhor dia para começar? E tantas vezes são estes pormenores que impedem que as coisas aconteçam. Quem é que acredita, por exemplo, que Eric Clapton se tornou cada vez melhor guitarrista à medida que comprava novas guitarras?

 

Fazer, focar o trabalho e não as condições do trabalho é o segredo. Não espere, o sucesso acontece a quem faz. Dizia Fernando Pessoa: "Ter êxito é mesmo ter êxito. Não é ter condições de êxito. Condições de palácio tem qualquer terra larga. Mas onde está o palácio se não o fizerem ali?"

 

Professor na Universidade Católica Portuguesa

 

pub

Marketing Automation certified by E-GOI