Cronista
Manuel Falcão Jornalista

Manuel Falcão, jornalista, 54 anos, estudou Medicina, Fotografia, Comunicação, Guionismo e Produção. Fundou o Blitz e o Independente, trabalhou no Expresso, no Sete e na Visão, realizou programas de rádio na RFM, Rádio Clube Português, Antena Um e Antena Dois, foi Director do Centro de Espectáculos do CCB, Presidente do Instituto Português de Cinema, Administrador do Pavilhão Atlântico, Administrador das Ediçõers Valentim de Carvalho, Estúdios Valentim de carvalho e Valentim de Carvalho Televisão, fundador e Presidente da Associação de Produtores Independentes de Televisão, Administrador da EGEAC (empresa municipal de Lisboa na área da gestão de espaços culturais) e Director de Programas do 2º canal da RTP. Actualmente é Director Geral da Nova Expressão-Agência de Meios e trabalha na área de planeamento estratégico de publicidade.  Mantém colaborações regulares na imprensa, nomeadamente no "Jornal de Negócios" e no "Metro".

Manuel Falcão O regresso das nacionalizações 18.01.2019 Manuel Falcão
Desde que a geringonça chegou ao poder, o Estado mudou de forma substancial: passou a ocupar mais espaço, a ser mais intrusivo na vida dos cidadãos (basta ver a nova legislação sobre acesso do Fisco às contas bancárias), a regressar a sectores de onde tinha saído, a entrar em novos sectores sem se saber porquê.
Manuel Falcão O pagador de promessas 11.01.2019 Manuel Falcão 31
Esta quinta-feira de manhã, ao acordar, olhei para o espelho e sabem o que vi? Apesar da gripe, não foram os olhos um pouco congestionados que me chamaram a atenção; o que vi ao espelho foi um pagador de promessas, um bombo da festa da colecta de impostos, taxas e taxinhas, directos e indirectos.
Manuel Falcão Votar em quem? 04.01.2019 Manuel Falcão 44
Este ano, há duas eleições - as europeias e as legislativas - e confesso que não sei em quem votar nem num caso, nem noutro.
Manuel Falcão O ano de todos os perigos 28.12.2018 Manuel Falcão 61
Quando a geringonça chegou ao poder, proclamou alto e bom som que vinha acabar com a degradação da coisa pública.
Manuel Falcão 2018: O Estado falhou 21.12.2018 Manuel Falcão 44
Esta é a frase que sintetiza o ano que passou. Por mais que António Costa insista em clamar que só tem êxitos, a realidade mostra o contrário sobre o funcionamento do Estado
Manuel Falcão Pela boca morre o peixe 14.12.2018 Manuel Falcão 32
Em Portugal não temos manifestações de multidões vestidas com coletes amarelos e não é por falta de razões: estamos num país onde, qualquer dia, em vez de comboios voltaremos a ter carroças, onde em vez de cacilheiros se utilizarão jangadas
Manuel Falcão O adubo populista 07.12.2018 Manuel Falcão 46
Afinal, porque cresce o populismo? O aumento do peso político do populismo está na proporção directa das revelações sobre corrupção, da ineficácia da justiça, da forma de funcionamento dos partidos institucionais, do funcionamento dos parlamentos, do comportamento de muitos políticos.
Manuel Falcão A ministra sobressalente 30.11.2018 Manuel Falcão 99
Nos últimos tempos, tivemos um ministro da Cultura que entrava mudo e saía calado; agora temos uma ministra da Cultura que sofre de incontinência verbal.
Manuel Falcão Um país descontrolado 23.11.2018 Manuel Falcão 68
Cada vez que há uma desgraça neste torrão à beira-mar plantado, destaca-se uma tendência fatal para ninguém assumir responsabilidades.
Manuel Falcão A lição de Marcelo em Aljubarrota 16.11.2018 Manuel Falcão
Esta semana, destaco dois factos políticos. O primeiro é apenas curioso - o Bloco de Esquerda anunciou querer ser Governo, com o PS, claro, e apontou até nomes ministeriáveis.