Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Opinião por
Artigos de opinião deste autor

A ameaça de estagflação é real

02.09.2021

É provável que os choques de oferta negativos persistam no médio e longo prazo. E há pelo menos nove choques que já se conseguem discernir.

A doutrina económica neo-populista de Biden

05.08.2021

As doutrinas económicas de Clinton, Bush e Obama eram fundamentalmente neoliberais, refletindo uma crença implícita na 'economia lenta'. Mas as coisas começaram a caminhar numa direção mais neo-populista e nacionalista com Trump, e essas mudanças cristalizaram-se com Biden.

A iminente crise da dívida estagflacionista

07.07.2021

À medida que a inflação for subindo nos próximos anos, os bancos centrais irão deparar-se com um dilema. Se começarem a acabar gradualmente com as políticas não convencionais e a aumentarem os juros diretores para combater a inflação, arriscam-se a desencadear uma vasta crise da dívida e uma recessão severa; mas se mantiverem uma política monetária acomodatícia, arriscam-se a uma inflação na ordem dos dois dígitos – e a uma estagflação quando ocorrerem os próximos choques de oferta negativos.

A estagflação está iminente?

26.04.2021

No curto prazo, a inatividade nos mercados de produtos, mão de obra e matérias-primas, e nalguns mercados imobiliários, evitará um impulso inflacionista duradouro. Mas, nos próximos anos, as políticas monetárias e orçamentais flexíveis começarão a gerar uma persistente pressão inflacionista – e até mesmo estagflacionista –, devido ao surgimento de contínuos choques de oferta negativos.

Roubini: A bolha da covid

05.03.2021

A lista de patologias que aflige a economia é longa e inclui uma crescente desigualdade, a desalavancagem por parte das empresas e trabalhadores sobrecarregados com dívidas e os riscos políticos e geopolíticos.

O quociente de caos das eleições nos EUA

29.10.2020

Se houver uma disputa eleitoral – que possa arrastar-se até inícios do próximo ano –, os preços das ações poderão cair na ordem dos 10%, os juros da dívida soberana poderão diminuir (se bem que já estejam bastante baixos) e o dólar poderá fortalecer; mas, tendo em conta que este episódio específico terá sido motivado pelo caos político nos EUA, o capital poderá fugir do dólar, deixando-o mais fraco.

O dólar todo-poderoso está a decair?

02.09.2020

Com o tempo, à medida que o poder económico, financeiro, tecnológico e geopolítico da China crescer, a sua moeda pode fazer incursões em muitas mais partes do mundo.

Revisitando os cisnes brancos de 2020

10.08.2020

As cotações dos mercados não costumam refletir muito bem os riscos políticos e geopolíticos - muito menos ambientais - ? porque a sua probabilidade é difícil de avaliar. Mas, dados os desenvolvimentos dos últimos meses, não devemos surpreender-nos se emergirem um ou mais cisnes brancos para abalar a economia global mais uma vez antes do final do ano.

A Depressão Maior dos anos 2020

05.05.2020

Até à década de 2030, a tecnologia e uma liderança política mais competente poderão reduzir, resolver ou minimizar muitos desses problemas, dando origem a uma ordem internacional mais inclusiva, cooperante e estável. Mas qualquer final feliz pressupõe encontrarmos uma forma de sobreviver à Depressão Maior que se aproxima.

Ver Mais
Mais lidas
Publicidade
pub
pub
pub
pub
Publicidade
C•Studio