Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Opinião por
Artigos de opinião deste autor

Podem os Jogos Olímpicos evitar uma guerra?

17.02.2022

Gostaria que o presidente norte-americano, Joe Biden, o presidente russo, Vladimir Putin, e o presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, tivessem ido a Pequim para encorajarem os atletas dos seus países, bem como para conversarem informalmente uns com os outros, bem como com Xi. Se o tivessem feito, estaríamos hoje mais longe de uma potencial guerra na Ucrânia.

Os argumentos contra as sanções económicas

17.11.2021

Como ferramenta de pressão estatal, as sanções económicas ficam aquém de uma guerra, mas ficam mais perto de o ser do que da diplomacia. Ainda assim, as justificações legais, políticas ou morais para tais medidas são raramente desafiadas.

Para onde foi todo o dinheiro?

15.10.2021

A razão pela qual a QE praticamente não surtiu efeito sobre o nível geral dos preços pode prender-se com o facto de grande parte do novo dinheiro estar a alimentar a especulação sobre os ativos, criando assim bolhas financeiras, ao passo que os preços e a produção, como um todo, permaneceram estáveis.

Devem os bancos centrais ter um mandato verde?

28.07.2021

Envolver os bancos centrais na alocação de dinheiro a empresas ou setores económicos em função do seu compromisso para com o ambiente – comprando dívida de empresas de energia hidroelétrica, mas não de petrolíferas, por exemplo – obriga-os a tomarem decisões políticas que deviam ser da incumbência do governo através do sistema tributário.

As lacunas da Bidenomics

30.06.2021

Os decisores políticos que tentam estimular a economia devem estar mais atentos do que os keynesianos do passado para evitarem a inflação e garantirem que a criação de empregos a nível nacional não é compensada por uma fuga de capacidade produtiva para o exterior.

As novas vestes dos banqueiros centrais

02.06.2021

A linguagem oficial da política macroeconómica continua a ser a política monetária. Qualquer correlação com a política orçamental é, obviamente, pura coincidência.

Sequenciar a recuperação pós-covid

07.05.2021

Hoje, a reforma económica confunde-se muito mais com a recuperação do que quando Keynes fazia a distinção entre as duas. Mas a sua forma de estabelecer o relacionamento é um ponto de partida claro para fazer ambas melhor.

A loucura dos apoios sociais do Reino Unido

29.04.2021

Ainda que o trabalho seja a única forma de escapar da pobreza, o tipo fútil exigido pelo contrato de benefícios do Reino Unido coloca muitos dos membros mais fracos da sociedade num caminho para lugar nenhum.

A revolução silenciosa na política económica

02.03.2021

A pandemia apresenta uma oportunidade para uma discussão pública aberta dessas questões. Espera-se que este debate substitua o sistema de acordos entre pessoas com informação privilegiada e entendimentos subterrâneos que moldaram a nossa sorte económica - ou infortúnio - por muito tempo.

O Brexit era inevitável?

28.01.2021

O principal requisito das democracias de hoje é conceber uma combinação bem-sucedida de localismo e o controlo centralizado necessário para o crescimento económico sustentado e igualdade tolerável de condições. Talvez haja uma forma de a Europa o fazer. O que o Brexit mostra é que ainda não sabemos qual é.

Policiamento da verdade na era de Trump

22.10.2020

Talvez a melhor abordagem seja simplesmente aplicar às plataformas de redes sociais o princípio da ordem pública de que é uma ofensa incitar o ódio racial.

Ver Mais
Mais lidas
Publicidade
pub
pub
pub
pub
Publicidade
C•Studio