Trading Como investir no mercado de animais de estimação?

Como investir no mercado de animais de estimação?

Os analistas acreditam que o mercado dos animais de estimação não é apenas uma possibilidade de investimento do momento, mas uma oportunidade de uma década. Especialmente o mercado premium.
Como investir no mercado de animais de estimação?
Bloomberg
Mariana Adam 27 de abril de 2017 às 13:40

O pet market registou uma taxa de crescimento anual de 5% nos últimos dez anos, nos Estados Unidos, e vale cerca de 30 mil milhões de euros. O segmento premium tem 32% de quota de mercado em valor e 18% em volume de vendas. São dados que constam de um relatório do Citigroup, revelado pelo Financial Times, e que demonstram que este nicho tem potencial para crescer a um ritmo ainda superior na próxima década. E é um fenómeno que não se restringe ao outro lado do Atlântico, já que está essencialmente relacionado com os novos donos destes cães e gatos: a geração millennial. 


Esta geração de jovens adultos, nascida entre 1980 e 2000, conhecidos como nativos digitais está a fazer aumentar o fenómeno a humanização dos animais. Este mesmo relatório do Citigroup revela que 43% dos animas de estimação dormem na cama com os donos diariamente e 28% ocasionalmente. Esta humanização dos animais e o novo perfil do consumidor, que está disponível a pagar mais por alimentação saudável, leva os analistas a acreditar no crescimento do sector da alimentação premium destes animais de estimação. Mas existe outra razão de peso: este tipo de comida é bastante mais leve do que a tradicional ração, logo é muito mais fácil de ser transaccionada online.


David Driscoll, analista do Citigroup em Wall Street e especialista no sector dos bens de consumo, calcula que por ano, em média, os donos de animais de estimação gastam mais 235 euros quando optam por comida premium para cães e mais 100 euros para alimentação gourmet para gatos.

Um dos muitos factores distintivos desta geração millennial é o facto de serem mais focados e preocupados com a saúde e bem-estar, não só a deles com a dos seus animais de estimação. E estão disponíveis para pagar por isso, logo este mercado premium de pet food – sem milho, soja ou trigo, com elevados níveis de proteína, biológicos e sem conservantes - tem bastante potencial. Um estudo da Nielsen revela que 81% dos millennials estão disponíveis para pagar mais por comida com maiores benefícios para a saúde. Outra das características destes nativos digitais é que as suas circunstâncias, falta de vínculo laboral, de casa própria, mas também 'sede' de liberdade fazem-nos adiar a decisão de ter filhos, por isso a humanização dos animais é uma realidade incontornável.


Neste cenário e voltando aos investimentos, existem três acções que recorrentemente são citadas quando se fala de investimento em pet food - sim porque mesmo em tempo de crise os donos dos animais preferem poupar no veterinário, nos serviços e outros do que na qualidade da comida: a Blue Buffalo Pet Products é uma das maiores, e negoceia a 24,54 dólares por acção no norte-americano Nasdaq. A empresa teve em 2016, uma capitalização de mercado de mais de 5 mil milhões de euros e que registou um crescimento anual de cerca de 40%. De acordo com a Investopedia, os analistas do Deutsche Bank prevêem que a Blue Buffalo Pet Products registe um crescimento anual de 25%, em média, nos próximos três anos e que o ROE  da empresa dispare "astronomicamente": 424%.

Outra das possibilidades de investimento é a empresa japonesa Unicharm Corporation que produz e comercializa muito mais do que alimentos para animais de estimação, mas que consta das 10 melhores empresas de alimentos para animais, sendo que as suas receitas anuais neste segmento foram de 700 milhões de euros. As acções da empresa negoceiam a menos de 5 dólares e o seu valor de mercado é de 13,7 mil milhões de euros. O retorno anual médio, a cinco anos, desta acção é de 9%.

A norte-americana Spectrum Brands também é fabricante e retalhista mundial de uma grande variedade de produtos de consumo, entre os quais alimentos para animais de estimação. A empresa tem uma capitalização  bolsista de mais de 7 mil milhões de euros e oferece aos investidores um dividend yield de 1,13%. O preço das acções da empresa subiu 29% no último ano, e está a negociar nos 143 dólares por acção. O retorno anual médio a cinco anos é de 39,06%. 

Conheça mais sobre as soluções de trading online da DeGiro.

PUB

Conheça mais sobre as soluções de trading online da DeGiro.

DeGiro

Marketing Automation certified by E-GOI