Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Portugal volta a bater máximo de testagem diária, com quase 250 mil testes no dia 22

Portugal voltou a ultrapassar o máximo diário de testes feitos à covid-19. Só esta quarta-feira, dia 22, foram feitos quase 250 mil testes no país, em farmácias e laboratórios, excluindo os autotestes.

Lusa/EPA
Negócios jng@negocios.pt 24 de Dezembro de 2021 às 09:51
  • Partilhar artigo
  • 3
  • ...

Na semana do Natal, os portugueses "correram" para as farmácias e para os pontos de testagem disponíveis e, no dia 22, o máximo de testes diário voltou a ser ultrapassado. De acordo com os números divulgados esta sexta-feira, 24, pela task-force da testagem, esta quarta-feira foram feitos 249.834 testes, com uma taxa de positividade de 5%. Deste número total de testes, 186.136 (74,5%) correspondem a testes rápidos de antigénio (TRAg) de uso profissional, feitos na rede de laboratórios e farmácia. Estes números não incluem os autotestes, nota este comunicado. 


Dezembro tem registado recordes de testagem diária. Entre dia 1 e 22 de dezembro, foram contabilizados mais de 2,1 milhões de testes TRAg de uso profissional. Esta nota indica que a subida no número de testes está relacionada "com as novas medidas decorrentes da Resolução do Conselho de Ministros n.º 157/2021, de 27 de novembro, nas quais se inclui a necessidade de apresentação de teste negativo para SARS-CoV-2 no acesso a determinados serviços ou locais, bem como o aumento de pontos de testagem em todo o país."


O anterior máximo de testes por dia data da sexta-feira passada, dia 17, quando foram feitos 227 mil testes num dia. 


Desde o início da pandemia, já foram feitos em Portugal quase 24,5 milhões de testes à covid-19. Os testes PCR correspondem a 16,1 milhões de testes e os TRAg de uso profissional a 8,4 milhões. 


Os TRAg de uso profissional efetuados nos laboratórios e farmácias aderentes ao regime excecional de comparticipação voltaram a ser gratuitos desde 19 de novembro. Além disso, esta semana o Conselho de Ministros aumentou o número de testes comparticipados para seis por mês, contra os anteriores quatro testes gratuitos.

Ver comentários
Saber mais covid-19 testes coronavírus
Outras Notícias