Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Teletrabalho obrigatório apenas nos quatro concelhos que não avançam

O teletrabalho passará a ser apenas obrigatório nos quatro concelhos que falham a nova fase de desconfinamento que arranca na próxima segunda-feira, 14 de junho.

António Cotrim / Lusa
Pedro Curvelo pedrocurvelo@negocios.pt 09 de Junho de 2021 às 15:19
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...
A partir de segunda-feira, 14 de junho, o teletrabalho deixa de ser obrigatório, sempre que as funções o permitam, em todo o território continental, com exceção dos quatro concelhos que não vão avançar para a nova fase de desconfinamento, anunciou esta quarta-feira a ministra da Presidência.

Na conferência de imprensa após a reunião do Conselho de Ministros, Mariana Vieira da Silva, indicou que apenas nos concelhos de Braga, Lisboa, Odemira e Vale de Cambra o teletrabalho permanecerá obrigatório.

Estas regras, frisou, aplicam-se até dia 27 de junho, mantendo-se o acompanhamento próximo da situação epidemiológica.

A ministra detalhou que, quanto ao teletrabalho, "ele tem por referência o local da empresa, que, por estar num concelho onde a incidência ainda é elevada, deve manter os seus trabalhadores em teletrabalho".
Ver comentários
Outras Notícias