Educação Governo diz que devolver todo o serviço congelado aos professores é “incomportável”

Governo diz que devolver todo o serviço congelado aos professores é “incomportável”

A recuperação de mais de nove anos custa 1.154 milhões por ano, segundo as contas do Governo, que assume ser “financeiramente incomportável” satisfazer as exigências dos sindicatos, escreve esta sexta-feira o Correio da Manhã.
Governo diz que devolver todo o serviço congelado aos professores é “incomportável”
manifestação professores manif
Negócios 02 de março de 2018 às 09:43

Segundo o Executivo, satisfazer as exigências dos sindicatos de devolução do tempo de serviço congelado a cerca de 100 mil professores durante mais de nove anos é "financeiramente incomportável" e "não apresenta factores de sustentabilidade e compatibilização com recursos disponíveis".

 

A justificação, noticiada esta sexta-feira, 2 de Março, pelo Correio da Manhã, consta de um documento entregue aos jornalistas após a reunião de ontem com os sindicatos dos professores. A reposição seria feita de forma faseada até 2023, ano em que passaria a haver um impacto financeiro permanente próximo dos 1.154 milhões de euros por ano, pelas contas da tutela.

 

Com o descongelamento já em curso, o gasto será de 519 milhões de euros também a partir de 2023.

 

Os sindicatos exigem a reposição de nove anos, quatro meses e dois dias de serviço congelado e consideram que é "um insulto" a proposta do Executivo, de repor dois anos e dez meses do tempo de serviço congelado.




A sua opinião38
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
comentar
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
mais votado Anónimo 02.03.2018

Dinamarca e o chamado Modelo Nórdico que permite maximizar a criação de valor e minimizar a extracção daquele. Um Estado de Bem-Estar Social que existe acima de tudo para criar um mercado laboral verdadeiramente flexível e um mercado de capitais forte e dinâmico: "Denmark has the highest share of top performing companies in the EU in 2017. According to our Investment Report 2017/2018 for Demark, the country’s companies are outstanding also in another respect - nine out of ten have invested over the last financial year, making them the most investment-active businesses in the EU. Find out more:" eibis.eib.org/eibis-2017#!/denmark

comentários mais recentes
KANEKO 02.03.2018

Por que razão haveria esta corporação dos profs ser privilegiada com o descongelamento das carreiras quando a milhoes de reformados e trabalhadores foram cortadas as pensoes ou perderam os salários?? Querem apagar o período da Troika para eles? E os outros?

Anónimo 02.03.2018

Escravo da democracia,
não sei o que é ser xulo
não suporto comunas (tenho dos alimentar com o património que angareei).
e não sei o que é ter vacas na night
Mas deu para entender o que tu és e o que fazes

pertinaz 02.03.2018

A ESCUMALHA DE ESQUERDA ARREPIA CAMINHO QUANDO LHES SAI DO PÊLO...!!!

NO TEMPO DE PASSOS COELHO TINHA CAÍDO O CARMOS E A TRINDADE...

Anónimo 02.03.2018

100 mil professores para cerca de 900 mil alunos, são muitos professores encostados.

ver mais comentários
Saber mais e Alertas
pub