Mundo Hackers chineses invadiram grupo industrial que ajuda nas políticas comerciais de Trump

Hackers chineses invadiram grupo industrial que ajuda nas políticas comerciais de Trump

No seio de uma guerra comercial centrada em problemas de segurança e direitos sobre a tecnologia, um grupo de hackers chinês terá acedido a informação sensível.
Hackers chineses invadiram grupo industrial que ajuda nas políticas comerciais de Trump
Reuters
Negócios 14 de novembro de 2019 às 10:04

Numa altura em que prosseguem, as negociações comerciais entre os Estados Unidos e a China, a Reuters avança que hackers chineses conseguiram aceder ao sistema de uma associação industrial relevante para a política comercial norte-americana.

Segundo duas fontes citadas pela agência noticiosa, a National Association of Manufacturers (NAM) sofreu um ataque informático no verão que, de acordo com a empresa de cibersegurança que foi contratada para investigar o caso, terá sido proveniente da China.

Este incidente está a ser visto como uma prova de que a China está a tentar ganhar vantagem na guerra comercial entre as duas economias. A porta-voz da NAM, Erin Streeter, garantiu que a situação já está controlada.

Do lado de Pequim, o porta-voz do ministro dos Negócios Estrangeiros defendeu-se dizendo que as acusações "estão a criar algo a partir de nada e têm outros motivos".      




pub

Marketing Automation certified by E-GOI